Esportes

Com vantagem tranquila, Atlético-GO recebe Goiás no Antônio Accioly

Vitória por 3 a 0 na partida de ida dá ao Dragão larga vantagem na briga por uma vaga nas semis; Goiás, com dois desfalques importantes, precisa fazer vencer por quatro gols de diferença para avançar

diario da manha
Atlético venceu o primeiro jogo na Serrinha sem sustos (Foto: Bruno Corsino/ACG)

Com uma temporada irretocável em 2021, o Atlético-GO recebe o Goiás no Antônio Accioly às 16h do domingo (2) pela segunda partida das quartas de final do Campeonato Goiano. Na primeira partida, o Dragão não tomou conhecimento dos adversários e venceu por 3 a 0 na Serrinha.

Dono da melhor campanha geral do Goianão, o Atlético vive uma fase espetacular. A última vez que a equipe foi derrotada foi em 14 de fevereiro, ainda pelo Brasileirão. De lá para cá são 19 jogos de invencibilidade, com 15 vitórias e quatro empates.

Depois da goleada sobre os alviverdes no último fim de semana, Jorginho e companhia conquistaram um feito histórico para o clube com a primeira vitória internacional da equipe rubro-negra na história ao vencer o Palestino, do Chile, por 1 a 0 pela Copa Sul-Americana.

Jorginho pode dar um descanso para o time titular e colocar o time reserva em campo (ou “Grupo B”, como ele costuma se referir) ou mesmo mesclar entre titulares e reservas. Caso o treinador resolva escalar o titular, a equipe vai com Fernando Miguel, Dudu, Nathan, Éder, Natanael; Willian Maranhão, Marlon Freitas, João Paulo; Janderson, Danilo Gomes e Zé Roberto.

A remontada será difícil pela desvantagem no placar e pelos desfalques. Glauber Ramos, que comandará a equipe no confronto mesmo com a chegada de Pintado, já sabe que não poderá contar com Miguel Figueira e Vinícius Lopes, ambos suspensos. Figueira foi expulso no segundo tempo e Vinícius Lopes, esperança de gol esmeraldina, recebeu o terceiro amarelo e cumprirá suspensão automática.

Assim, Glauber deve mandar a campo Tadeu; Ivan, David Duarte, Iago Mendonça, Heron; Breno, Madison, Henrique Lordelo, Ivan (Lucas Black); Índio e Popó.

Comentários