Esportes

Em larga desvantagem, Anápolis visita Vila Nova no OBA

Galo da Comarca perdeu a primeira partida por 3 a 0. Partida, que ocorreria no sábado, foi antecipada a pedido do Tricolor

diario da manha
Galo da Comarca foi goleado na primeira partida (Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova FC)

O Vila Nova recebe o Anápolis nesta sexta-feira (30) às 16h no Onésio Brasileiro Alvarenga pela segunda partida das quartas de final do Campeonato Goiano. Na primeira partida no Jonas Duarte, o Tigrão venceu por 3 a 0 e praticamente assegurou a vaga nas semifinais.

A partida estava prevista para sábado, mas o Galo da Comarca pediu para que fosse alterada para não precisar renovar contrato com a maioria dos jogadores do elenco, já que os vínculos se encerram justamente no dia 30 de abril. O Vila não se opôs ao pedido.

Com um pé na próxima fase, o Vila Nova joga em casa apenas por protocolo. Mas quem pensa que por ter feito ótimo resultado na partida de ida está tranquilo para o jogo em Goiânia se engana. Vagner Lopes, treinador colorado, destacou que o time precisa manter o mesmo ritmo para o confronto em Goiânia.

Não tem tranquilidade nenhuma. A gente quer trabalhar, melhorar, não gosto de zona de conforto, que vira zona de negligência. É trabalhar no limite para buscar a melhor forma de atacar e defender para a gente fazer um segundo jogo bom também – destacou.

O Vila Nova deve repetir a mesma equipe que venceu em Anápolis, com Georgemy; Celsinho, Rafael Donato, Wallison (Saimon), Willian Formiga; Dudu, Arthur Rezende, Alan Mineiro; Pedro Bambu, Kelvin e Pedro Júnior.

Já o Galo da Comarca terá uma missão muito difícil. Os anapolinos precisam marcar três para levar aos pênaltis. O Vila sofreu sete gols até aqui no Goianão. Luiz Carlos Winck terá dois desfalques certos para o confronto: o meia Rian Lopes e o atacante Vitor Ruas, ambos lesionados.

A ideia de Winck é repetir a escalação, mas o desgaste de algumas peças podem fazer o treinador mudar os onze iniciais de última hora. Se não houver problemas, o Anápolis deve ir com Saulo; Vitinho, Carnevalli, Eduardo, Hugo; Batista, Araújo, Bruno; Anselmo, Ananias e Riquelme.

Comentários