Esportes

Atlético-GO estreia no Brasileirão com desfalques e novo comandante

Eduardo Barroca estreia no comando do time rubro-negro sob desconfiança da torcida; equipe terá desfalques para o confronto

diario da manha
Eduardo Barroca e João Paulo Sanches comandaram os trabalhos com o Dragão nesta sexta (Foto: Bruno Corsino/ACG)

O Atlético-GO estreia no Brasileirão neste domingo (30) às 18h15 contra o Corinthians, em São Paulo, de olho num processo de reconstrução. O Dragão, que era considerado o grande candidato ao título estadual, foi eliminado pelo Grêmio Anápolis nas semifinais e caiu na primeira fase da Copa Sul-Americana sem sequer vencer uma partida em Goiânia.

Para piorar, o clube ainda perdeu Jorginho, que deixou o comando depois de desentendimentos técnicos com o presidente do clube, Adson Batista. Para seu lugar, foi apresentado nesta sexta-feira Eduardo Barroca, que conquistou o acesso para a Série A em 2019.

A saída de Barroca do comando deixou sua relação com a torcida rubro-negra abalada. Segundo o treinador, o motivo de deixar o comando do Atlético envolvia questões familiares, mas pouco tempo depois o treinador fechou com o Coritiba. A torcida se opôs a sua contratação nas redes sociais e levou a #BarrocaNao como um dos assuntos mais comentados no Twitter.

O novo comandante do Dragão, que disse que encontra um clube muito maior comparado àquele da época em que ele esteve à frente, destacou que para recuperar a confiança do treinador é necessário fazer um bom trabalho.

– Recuperar a confiança tem a ver com trabalho duro, entrega, corresponder às expectativas que o clube tem. É nisso que vou focar, trabalhar muito duro. Aqui no Atlético-GO o trabalho não é de ruptura, é de sequência. O Atlético-GO tem sua filosofia própria e muito cristalina para quem chega. O grande objetivo é dar sequência aos valores e princípios que o clube tem.

Para o duelo de domingo, o clube goianiense terá diversos desfalques. Janderson e André Luís, principais jogadores do clube até aqui, pertencem ao clube paulista e não poderão jogar. O meia Danilo Gomes volta ao São Paulo depois de impasses na negociação da extensão de empréstimo. O atacante Arthur Gomes sentiu dores na coxa e é dúvida.

A tendência é que Ronald, de 19 anos, que disputou o Goianão pelo Grêmio Anápolis e marcou contra o Atlético na semifinal, ganhe a vaga. Assim, a equipe goiana deve ir a campo com Fernando Miguel; Dudu, Nathan Silva, Éder e Natanael; Gabriel Baralhas, Willian Maranhão, Marlon Freitas e João Paulo; Ronald e Zé Roberto.

Assim como o Atlético, o Corinthians também vive situação de começo de trabalho. O Timão caiu nas semis do Paulistão para o Palmeiras e também foi eliminado na primeira fase da Sul-Americana. Vagner Mancini foi demitido depois da eliminação no estadual e Sylvinho foi contratado para seu lugar.

O novo treinador deverá mandar o Timão a campo com Cássio; Fagner, Gil (João Victor), Raul Gustavo, Lucas Piton; Gabriel, Camacho, Gustavo Silva, Mateus Vital; Luan e .

Comentários