Esportes

Brasil vence Arábia Saudita e se classifica em primeiro do grupo

Richarlison duas vezes e Matheus Cunha marcaram os gols da vitória, Almri descontou para a Arábia Saudita

diario da manha
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

O Brasil entrou em campo na madrugada desta quarta-feira, 28, contra a Arábia Saudita com um objetivo garantir o primeiro lugar do grupo e consequentemente a classificação para a próxima fase dos jogos olímpicos.

O time comandado pro André Jardine sofreu com a marcação da Arábia Saudita, mas com um gol marcado por Matheus Cunha e outros dois de Richarlison, o Brasil conquistou mais uma vitória, dessa vez por 3 a 1, e se classificou na primeira colocação do grupo D.

O jogo

O início da partida foi truncado, principalmente com a Arábia Saudita jogando com praticamente todo mundo na defesa, e o Brasil tentando criar espaços.

O Brasil abriu o placar na bola parada após duas cobranças de escanteios seguidas, primeiro pela direita com Antony, mas a zaga saudita afastou. Na sequência, dessa vez pela esquerda Claudinho colocou a bola na cabeça de Matheus Cunha que cabeceou sem chances para a defesa do goleiro Amin para fazer 1 a 0.

Com o placar a favor, o time comandado por André Jardine por pouco não ampliou aos 19′, após cruzamento de Guilherme Arana, Antony apareceu sozinho para cabecear e carimbar o travessão. O lance seguiu e Claudinho ajeitou para Matheus Cunha tentar de bicicleta, no rebote Bruno Guimarães arriscou de fora, mas a bola passou longe do gol saudita.

E naquele velho ditado do futebol, de quem não faz leva, a Arábia Saudita chegou ao empate. Guilherme Arana fez falta na lateral, após a bola ser alçada na área, o zagueiro Diego Carlos falhou e Almri marcou de cabeça para a Arábia Saudita 1 a 1.

O Brasil assustou o goleiro Amin aos 36′ da etapa inicial, após trabalhar a bola, Guilherme Arana recebeu e com espaço arriscou e a bola passou tirando tinta da trave.

O atacante Antony teve nos pés a chance de levar o Brasil para o segundo tempo com a vantagem no placar, após receber cruzamento da esquerda de Matheus Cunha, Antony tentou de primeira, mas o goleiro Amin apareceu para fazer uma grande defesa.

Richarlison marca no segundo tempo e dá vitória ao Brasil

O Brasil voltou com uma mudança na etapa final, Antony deu lugar a Malcom, e em campo, a movimentação brasileira melhorou, mas não foi suficiente para mexer no placar nos primeiros 15′ da segunda etapa.

Na melhor chance que o Brasil teve nestes primeiros 15′ da etapa complementar, o goleiro Amin saiu nos pés do atacante Matheus Cunha para fazer a defesa e afastar o perigo.

Aos 20′ do segundo tempo o Brasil chegou e teve a chance de fazer o segundo gol, a bola sobrou nos pés do atacante Matheus Cunha, mas a bola caprichosamente bateu na trave e salvou a equipe saudita.

Cinco minutos depois Richarlison recebeu na entrada da área e arriscou, mas o goleiro Amin bem posicionado apareceu mais uma vez para fazer a defesa.

Minutos depois o artilheiro do Brasil sofreu falta pela direita, Daniel Alves cobrou e a zaga da Arábia Saudita tentou afastar, mas Bruno Guimarães de cabeça ajeitou para Richarlison cabecear tirando do goleiro e marcar o segundo gol do Brasil.

A seleção brasileira teve a chance de fazer o terceiro aos 36′, após jogada trabalhada na entrada da área, Reinier recebeu e arriscou, mas o goleiro Amin com o pé apareceu para fazer a defesa.

Richarlison chegou a marcar o terceiro do Brasil após cruzamento de Malcom, mas a arbitragem flagrou o impedimento no lance. Nos acréscimos, o Brasil trabalhou a bola mais uma vez, Malcom e Reinier trabalharam a bola, que terminou nos pés de Richarlison para marcar o quinto dele na competição e fazer 3 a 1.

Com a vitória pelo placar de 3 a 1, o Brasil se classificou na primeira posição do grupo D, com sete pontos conquistados em três jogos, e a Costa do Marfim se classificou junto com a seleção brasileira após empatar com a Alemanha.

Leia também:

Comentários