Esportes

Brasil vence e está classificado para as semifinais das Olimpíadas

Matheus Cunha marcou o gol da classificação brasileira

diario da manha

As quartas de finais das Olimpíadas de Tóquio colocou frente a frente a melhor defesa e um dos melhores ataques dos jogos. Brasil e Egito fizeram um grande duelo, mas a qualidade do atual campeão que levou a melhor ao vencer por 1 a 0 e conquistar a classificação para as semifinais da competição.

O jogo

O Egito chegou as quartas de finais após deixar para trás a Argentina, e com a melhor defesa dos jogos, com apenas um gol sofrido. E no duelo deste sábado contra o Brasil, começou pressionando nos primeiros três minutos.

A seleção comandada por André Jardine aos poucos foi se encontrando no jogo, e aos 5′ do primeiro tempo o goleiro Elshenawy apareceu para impedir que a bola chegasse ao atacante Richarlison e fazer sua primeira intervenção na partida.

A partir daí o Brasil começou a crescer no jogo e criar as melhores oportunidades, mesmo com a defesa fechada do Egito. E os egípcios chegaram com perigo mesmo apenas aos 12′ da etapa inicial, após afastar mal a bola, Tawfik apareceu para cabecear no canto do gol defendido pelo goleiro Santos, mas a bola passou ao lado do gol do goleiro brasileiro.

Depois dessa chegada do Egito, Richarlison tabelou com Antony, o atacante brasileiro, abriu o espaço e arriscou de fora da área, mas a bola foi por cima do gol adversário.

Melhor em campo, com mais volume e com as melhores chances, o Brasil chegou mais uma vez, Antony encontrou Matheus Cunha dentro da área, mas o brasileiro não conseguiu o domínio e a bola ficou fácil para o goleiro Elshenawy.

A equipe egípcia tentava criar e teve uma chance ainda no primeiro tempo, e arriscou de fora da área, mas a bola passou ao lado do gol do goleiro Santos.

O Brasil voltou a chegar pela esquerda dessa vez com o atacante Richarlison que fez boa jogada, a bola chegou a Matheus Cunha que tentou, mas parou na defesa do Egito, no rebote Douglas Luiz teve a chance, mas errou o alvo.

O gol do Brasil não demorou a sair, a equipe brasileira no contra-ataque, mais uma vez com Richarlison, que encontrou Matheus Cunha livre na meia lua, e o atacante só teve o trabalho de escolher o canto e fazer 1 a 0.

Aos 44′ Claudinho foi derrubado na entrada da área, Douglas Luiz foi para a cobrança e a bola passou do lado do gol defendido pelo goleiro Elshenawy e a equipe brasileira desceu com vantagem no placar para o intervalo.

Brasil teve a chance de matar o jogo no segundo tempo em várias oportunidades, mas ficou só no 1 a 0

Nos primeiros minutos da etapa complementar, o Brasil teve a chance de marcar duas vezes, na primeira Claudinho tento de três dedos, mas errou o alvo. Na sequência, Matheus Cunha foi lançado e saiu na cara do goleiro adversário, o atacante tentou encobrir o goleiro, mas a bola tocou em Elshenawy e saiu pela linha de fundo.

O Brasil teve mais uma chance, Paulinho que entrou no segundo tempo no lugar de Matheus Cunha, recebeu lançamento de Richarlison, fez o corte e encontrou Guilherme Arana pela esquerda, mas o goleiro egípcio apareceu mais uma vez para afastar o perigo.

Com o placar favorável, o time de André Jardine comandava as ações, enquanto o Egito tentava se encontrar. Em mais uma jogada trabalhada, Claudinho recebeu e tentou encontrar Richarlison na cara do gol, mas a zaga do Egito afastou o perigo.

O Egito chegou aos 18′ do segundo tempo na sua melhor chance na etapa complementar, após cobrança de escanteio, a zaga brasileira não afastou e o atacante Mohsen apareceu para cabecear, mas a bola não levou perigo ao gol defendido pelo goleiro Santos.

Paulinho teve a chance de marcar o segundo gol do Brasil, o atacante recebeu e tentou o chute, mas parou no goleiro egípcio.

Nos minutos finais da etapa final, o time do Egito passou a pressionar o Brasil, para forçar a prorrogação e foi a vez do goleiro Santos aparecer e segurar o resultado e garantir a classificação brasileira para as semifinais.

Com a classificação garantida para a próxima fase, a tendência é que o Brasil enfrente o México, que vai vencendo por 3 a 1 a Coréia do Sul, no outro duelo Espanha e Japão brigam por uma vaga na final das Olimpíadas de Tóquio.

Leia também:

Comentários