Esportes

Em casa e com o apoio da torcida, Inglaterra enfrenta Itália em busca do seu primeiro título da Euro

Ingleses jogam em casa em busca do primeiro título desde 1966; italianos buscam o bicampeonato continental

diario da manha
Wembley será palco da decisão da Euro (Foto: Divulgação/Twitter Wembley Stadium)

Depois de cinquenta jogos disputados e 140 gols marcados, a campeã da Euro 2020 finalmente será conhecida. O lendário Estádio de Wembley, em Londres, recebe Itália e Inglaterra, que duelam pelo posto de melhor equipe do continente neste domingo (11) às 16h pelo horário de Brasília.

Ambas equipes chegam com a mesma campanha: cinco vitórias e um empate em seis jogos. Mas, se por um lado a Itália chega à decisão com o melhor ataque do campeonato, com 12 gols marcados, a Inglaterra chega com a melhor defesa, com apenas um gol sofrido em todo o campeonato.

A grande final coloca frente a frente as equipes que jogaram o melhor futebol da competição. A Itália, dona do segundo melhor ataque com 12 gols marcados terá como adversária a dona da melhor defesa, com apenas cinco gols sofridos.

Campeões em 1968 em casa sobre a Iugoslávia, os italianos tentam o segundo título do campeonato e o primeiro desde a Copa do Mundo, em 2006. Os tetracampeões mundiais somam dois vices – para a França, em 2000 e para a Espanha, em 2012.

Já a Inglaterra chega a primeira vez numa decisão continental e tem a chance de “fazer o futebol voltar para casa”, como cantam os apaixonados torcedores ingleses. Além disso, a vitória pode quebrar um incômodo jejum: a última vez que os ingleses levantaram uma taça foi há mais de 50 anos, em 1966, quando venceu a Copa do Mundo jogando em casa – o único título de expressão dos britânicos.

Os italianos devem ir a campo com força máxima, repetindo a escalação da última partida, contra a Espanha. Roberto Mancini não terá Spinazzola, destaque da equipe, que rompeu o Tendão de Aquiles e foi cortado. O brasileiro naturalizado Emerson Palmieri ocupará sua vaga. Rafael Tolói começa no banco de reservas. Assim, a provável escalação da Azzurra tem Donnarumma; Di Lorenzo, Bonucci, Chielini. Emerson Palmieri; Jorginho, Barella (Locatelli), Verratti, Chiesa, Insigne e Immobile.

Imagem
Rafael Tolói durante treinamento para a decisão da Euro. Ex-Goiás é um dos três brasileiros do elenco italiano (Foto: Divulgação/FIGC)

A Inglaterra, que passou com emoção pela valente Dinamarca na semifinal, pode ter mudanças no meio-campo e no ataque com as entradas de Jordan Henderson e Jack Grealish, numa tentativa de dar mais dinamismo no jogo. Gareth Southgate deve escalar os Three Lions com Pickford; Walker, Stones, Maguire, Shaw; Phillips, Henderson (Rice), Mount; Grealish (Saka), Sterling e Kane.

Imagem
Harry Kane é o destaque da Inglaterra na Euro, com quatro gols marcados (Foto: Divulgação/UEFA)

Leia também:

tags:

Comentários