Esportes

Após três derrotas, Edminho Pinheiro garante Marcelo Cabo no comando do Goiás

Últimos resultados levantaram a possibilidade do treinador deixar o comando do clube esmeraldino, o que foi negado pelo vice-presidente do conselho deliberativo do Goiás

diario da manha
Foto: Rosiron Rodrigues/GEC

Após três derrotas consecutivas na série B do Campeonato Brasileiro, algumas pessoas começaram a comentar sobre uma possível saída de Marcelo Cabo do Goiás. Mas, essa possibilidade não existe, pelo menos é o que garante o vice-presidente do conselho deliberativo do Goiás, Edminho Pinheiro.

O dirigente lembrou que a equipe comandada pelo treinador ficou 10 jogos invicta na competição, e que a saída de Pintado que iniciou o trabalho não foi pela questão de pontuação do clube no campeonato.

Segundo Edminho Pinheiro não é por que o time perdeu três jogos, que as coisas estejam todas erradas. O vice-presidente do conselho esmeraldino ainda afirmou que é preciso ter calma.

Conforme o dirigente os desfalques das últimas rodadas e quantidade de jogos disputados em um período curto de dias, foram os principais responsáveis pela queda de rendimento da equipe na competição.

Entre as derrotas nos últimos jogos estão as sofridas contra o Avaí, Vila Nova e o Vasco na noite de ontem. Edminho Pinheiro ressalto em entrevista à Rádio CBN de Goiânia, que o time foi montado durante a competição, e que havia uma gordura para queimar, uma vez que o esmeraldino soma 45 pontos, e que a gordura acumulada acabou nestes jogos. Edminho lembra ainda que o time e os dirigentes tinham pleno conhecimento de que a partir do momento que os 45 pontos fossem alcançados, ainda teria muita coisa para acontecer.

*Com informações do GE.com

Leia também:

Comentários