Esportes

Em reencontro de Messi e Guardiola, PSG e City fazem aguardado duelo na Liga

A rodada também terá Real Madrid, Liverpool, Milan e Inter de Milão em campo nesta terça

diario da manha
Por Felipe Rosa Mendes

Num dos jogos mais aguardados desta Liga dos Campeões, Lionel Messi vai reencontrar Pep Guardiola nesta terça-feira, às 16 horas (de Brasília), desta vez sem a camisa do Barcelona. O argentino será a grande aposta do Paris Saint-Germain na tentativa de superar o Manchester City, do técnico catalão, algoz dos franceses na última semifinal. A rodada também terá Real Madrid, Liverpool, Milan e Inter de Milão em campo nesta terça.

No Parque dos Príncipes, a partida entre franceses e ingleses terá sabor de vingança para os anfitriões. Afinal, o City despachou o PSG com duas vitórias (2 a 1 e 2 a 0) na última semifinal. Historicamente, o time de Guardiola leva boa vantagem sobre o rival na competição, com três triunfos, um empate e nenhuma derrota. Em outro duelo entre os dois, o City eliminou o time de Paris nas quartas de final na temporada 2015-2016.

Curiosamente, os dois times são os últimos vice-campeões da Liga Na temporada passada, o City caiu diante do Chelsea na final. No ano anterior, o PSG foi batido pelo Bayern de Munique. As coincidências não param por aí. Ingleses e franceses têm histórico semelhante, passando de medianos para grandes nos últimos anos somente após vultosos investimentos estrangeiros. O City foi beneficiado por aportes dos Emirados Árabes Unidos, enquanto o PSG recebe pesadas cifras do Catar.

Em ambos os times, os investimentos buscam um objetivo só: a conquista da Liga dos Campeões pela primeira vez. Os dois clubes já chegaram à final, que parece obstáculo intransponível mesmo após tanto dinheiro gasto com contratações. A última grande aposta foi o próprio Messi, cobiçado por ambos. Nesta, o PSG levou a melhor e formou ataque poderoso, com Neymar e Mbappé.

O desafio é fazer o trio funcionar junto. Na estreia dos três jogando como titular, na rodada de abertura da fase de grupos da Liga dos Campeões, a atuação ficou abaixo do esperado. E o PSG apenas empatou com o Club Brugge por 2 a 2. A situação interna piorou desde então, por motivos diferentes. Messi sofreu leve lesão no joelho esquerdo e Mbappé foi flagrado criticando Neymar, gerando questões internas para o técnico Mauricio Pochettino resolver.

Preocupado, o presidente do PSG, Nasser Al Khelaifi, compareceu ao último treino antes da partida, na companhia do diretor esportivo Leonardo. A ideia era mostrar autoridade diante da possível perda de controle do treinador sobre o elenco francês. E, ao mesmo tempo, mostrar a importância do duelo desta terça, principalmente após o tropeço na estreia. Al Khelaifi saiu do treino com uma boa notícia: Messi deve jogar.

Do outro lado, a situação está mais tranquila para Guardiola. Afinal, fez 6 a 3 no RB Leipzig, da Alemanha. Mas os três gols sofridos na estreia preocuparam o treinador, que deve contar com o volante Fernandinho entre os titulares, para proteger mais a defesa. O treinador está ciente de que enfrentar Messi será uma tarefa mais complicada.

“O PSG na temporada passada foi uma equipe fantástica, jogavam unidos e agora tem o Messi. São um enorme candidato (ao título). Vai ser um novo jogo, uma nova fase de grupos e será diferente”, projetou Guardiola. “Temos de jogar de forma compacta. Muita ajuda de todos porque vamos sofrer. É preciso saber lidar com o sofrimento.” Pelo mesmo Grupo A, Leipzig e Brugge vão se enfrentar no mesmo horário.

DUPLA BRASILEIRA NO REAL?

O confronto entre o poderoso Real Madrid e o modesto FC Sheriff, da Moldávia, poderá ser especial para Vinicius Junior e Rodrygo. Pela primeira vez, eles poderão ser titulares juntos no ataque espanhol, ao lado de Benzema, numa partida da Liga dos Campeões. Eles formaram o trio ofensivo nas últimas duas partidas do Campeonato Espanhol – um empate e uma goleada.

Carlo Ancelotti, porém, pode sacar Rodrygo para o retorno de Eden Hazard, que não consegue convencer com a camisa do Real. O zagueiro Éder Militão e o volante Casemiro são titulares confirmados. O lateral Marcelo segue machucado. Após vencer a Inter na estreia por 1 a 0, o Real se tornou o favorito para ficar com o primeiro lugar do Grupo D. Já os atuais campeões italianos vão até a Ucrânia para enfrentar o Shakhtar Donetsk.

O Grupo B também reserva dois bons jogos para esta terça. Estarão em campo dois dos maiores vencedores da Liga: Liverpool e Milan. Os ingleses vão visitar o Porto, em mais um confronto entre os dois times na competição continental. Apesar de vir de tropeço, o Liverpool lidera o Campeonato Inglês e estreou com vitória sobre o próprio Milan, por 3 a 2, no torneio europeu.

Para o duelo desta terça, o técnico Jürgen Klopp pode escalar Roberto Firmino entre os titulares formando trio com Salah e Diogo Jota. Mané deve ficar como opção para evitar desgaste físico. O volante Fabinho será titular, apesar do rodízio do treinador no meio-campo.

O Milan terá tarefa mais difícil. Visitará o Atlético de Madrid na tentativa de somar ao menos o seu primeiro ponto em seu duro retorno à Liga dos Campeões. Os espanhóis apostam em Luiz Suárez e em Antoine Griezmann, que ainda não fez boa exibição na sua volta ao clube.

No Grupo C, o destaque é o Borussia Dortmund e seu artilheiro, Erling Haaland, que marcou na estreia e contribuiu para a vitória sobre o Besiktas por 2 a 1. O adversário desta terça será o Sporting. O Ajax será o rival do time turco no mesmo dia.

Leia também:

Comentários