Esportes

Vila Nova perde para o Guarani na Copa São Paulo de Futebol Júnior e decisão fica para a última rodada

Vila segue vivo, mas tem que vencer na última rodada para conquistar a vaga na próxima fase

diario da manha

O Vila Nova entrou em campo na tarde desta sexta-feira, 7, em busca de colocar um pé na próxima fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior, mas do outro lado estava o Guarani-SP. No duelo entre dois times que compõem a Série B do Campeonato Brasileiro o bugre levou a melhor e venceu o tigre pelo placar de 3 a 2.

A partida começou movimentada entre as duas equipes, que se revezaram nos primeiros minutos no ataque, em busca de abrir o placar. O Vila Nova chegou com Lucas Lotto pela esquerda, mas, o atacante colorado foi derrubado na entrada da área. Gabriel Cabral foi para a cobrança da falta, entretanto, ele errou o chute e carimbou o zagueiro do Guarani.

Depois do Vila chegar foi a vez do Bugre chegar por duas oportunidades, a primeira com 12′ do primeiro tempo, Matheus Couto arriscou, mas o goleiro Heitor apareceu para defender e colocar para escanteio. Aos 17′ foi a vez de Wemerson fazer o goleiro colorado trabalhar novamente e evitar o primeiro gol dos paulistas.

O crescimento do Guarani na partida ficou evidente, tanto que o lateral direito Biel recebeu na linha de fundo e cruzou para dentro da área, Kaio apareceu sozinho no meio da zaga para testar para o fundo do gol e fazer 1 a 0 para o Bugre.

O time paulista continuou melhor no jogo, Matheus Souza cobrou falta pela direita do ataque, e direta para o gol, Heitor mais uma vez apareceu e evitou o segundo gol do Guarani.

Drone atrapalha partida

Por volta dos 30′ a arbitragem deu o tempo técnico para os atletas se hidratarem e ouvirem as orientações dos treinadores. No reinício da partida, o Vila Nova partiu para o ataque em busca do empate, e Guilherme foi derrubado.

Gabriel Cabral se preparou para fazer a cobrança da falta, mas a partida voltou a ser paralisada, desta vez por conta de um drone que sobrevoava o campo de jogo. Foram praticamente seis minutos de partida parada, e quando pode fazer a cobrança, Gustavo bateu a falta, e a bola passou por todo mundo e ficou fácil para Lucas Cardoso fazer a defesa.

O Vila seguia em busca do empate ainda na primeira etapa, mas Gabriel foi derrubado, e cobrou rápido para Guilherme, que invadiu a área e bateu para o gol, mas a bola saiu pela linha de fundo.

A situação dos goianos ficou ainda mais complicada aos 48′ da etapa inicial, o lateral esquerdo Emerson, derrubou Matheus Souza, a arbitragem marcou a falta, e o defensor colorado que já tinha amarelo recebeu o segundo amarelo e foi expulso da partida.

No último minuto de jogo, Saimon puxou contra ataque e tabelou com Lucas Lotto, que devolveu a bola e dentro da área Saimon bateu mas sem direção.

Guarani deslancha com um a mais na etapa final

Com um a menos o Vila Nova não conseguia criar boas jogadas, e se aproximar do gol adversário. E aos 10′ da etapa final Biel mais uma vez apareceu e levantou na área, Matheus Souza cabeceou, mas a bola passou por cima do gol defendido por Heitor.

O Guarani ampliou placar aos 15′ da etapa final, após cobrança de falta ensaiada, Matheus Souza levantou a bola na área, a zaga do Vila tentou afastar, mas no rebote Ale ficou com ela e bateu no canto de Heitor para fazer 2 a 0

O Vila por pouco não diminuiu logo em seguida, Guilherme recebeu dentro da área, após uma falha da defesa paulista, o atacante bateu cruzado e perdeu a chance de diminuir o placar.

O Bugre chegou mais uma vez pelas pontas, após tentativa de cruzamento, a bola desviou na zaga, e Renan apareceu sozinho para fazer o terceiro gol e ampliar o marcador.

O Vila Nova chegou aos 24′ do segundo tempo, Renan cobrou falta, mas a bola ficou na barreira, na sequência a bola sobrou e após cruzamento, Saimon recebeu dentro da área e bateu para o gol, e a bola bateu na rede pelo lado de fora. No entanto, a arbitragem marcou escanteio, pois a bola tocou no goleiro Lucas, mas o time colorado não conseguiu aproveitar a oportunidade.

Guilherme Pires diminuiu o placar aos 27′, o atacante cobrou falta direita para o gol, e não deu chances para o goleiro Lucas Cardoso, e diminuir a diferença 3 a 1.

O Vila tentou pressionar no finalzinho da partida, na primeira chance Renan cobrou falta, mas a bola tocou na barreira e saiu em escanteio. Renan cobrou o escanteio e Wesley mas a zaga afastou.

Nos acréscimos o Vila Nova conseguiu diminuir, Renan recebeu na ponta e cruzou para Guilherme Pires, que só tirou do goleiro para marcar o seu segundo gol na partida.

Com a derrota por 3 a 2, o Vila Nova caiu para a terceira posição com uma vitória, uma derrota e três pontos conquistados na competição. O tigre tem chance de se classificar para a segunda fase do torneio, mas precisa vencer o Tanabi na última rodada para continuar na Copinha.

Atlético carimba vaga na próxima fase

Enquanto o colorado goiano sofreu contra o Guarani, o Atlético Goianiense mostrou a sua força e bateu o Grêmio Mauense pelo placar de 4 a 1. Com o resultado o time comando por Rogério Corrêa garantiu a primeira colocação do grupo 27 e sua classificação para a segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Leia também:

Comentários