Esportes

Dia de clássico! Atlético-GO e Vila Nova se enfrentam pela semifinal do Goiano

Atlético-GO recebe o Vila Nova neste sábado (19), para confronto válido pela primeira partida da semifinal do Campeonato Goiano

diario da manha
Atlético-GO e Vila Nova

Após dois confrontos pela fase de pontos do Campeonato Goiano, Atlético e Vila Nova voltam a se enfrentar pela semifinal do estadual. Confronto será marcado por ser o primeiro clássico do treinador Umberto Louzer, que chegou no clube para ocupar o lugar deixado por Eduardo Souza, que optou por se desligar do clube ao perder em casa para o mesmo Vila Nova.

Como vem o Atlético?

O Atlético Goianiense vive um ano de instabilidade, em dois meses de temporada, três treinadores passaram pelo Dragão (Marcelo Cabo, Eduardo Souza e Umberto Louzer). Coincidentemente, Cabo e Eduardo caíram depois de derrotas para o Vila Nova. Umberto Louzer, o técnico emergente escolhido pela diretoria, vem correspondendo, em seis jogos disputados, Louzer soma quatro vitórias e dois empates no comando do Dragão.

Por ser uma partida dentro do Antônio Accioly, o Atlético-GO tem a obrigação de correr atrás do resultado, para que a volta no OBA, se torne um jogo tranquilo. Analisando os dois confrontos anteriores, podemos pressentir uma postura mais ofensiva do Rubro-Negro. Visando uma retranca do colorado, o time de Umberto Louzer deve vir a campo visando explorar o centro de campo, e as jogadas de triangulação, para envolver a defesa do rival. Shaylon, Rato e Jorginho serão armas fundamentais para uma boa construção ofensiva do Atlético.

Na parte defensiva, o Atlético deverá vir com Dudu, Wanderson, Ramon Menezes e Arthur Henrique. Os dois laterais do Dragão, costumam apoiar muito no ataque, entretanto, para esse confronto, a atenção nas subidas tem que ser redobrada, por conta do contra-ataque veloz do Vila Nova, que inclusive, foi bastante utilizado no último jogo entre as duas equipes.

Como vem o Vila Nova?

O líder do Grupo A, o Vila Nova, vem vivendo um bom início de temporada, atuações convincentes, vitórias em clássicos e a classificação heroica do time na Copa do Brasil, fazem com que o torcedor colorado fique confiante para essa reta final de estadual. Diferente do rival, o Tigrão não mudou de treinador, por conta o bom trabalho de Higo Magalhães, que já caiu nas graças da torcida.

Para esta partida, o Vila Nova deverá vir a campo com um estilo de jogo muito parecido com o utilizado para enfrentar o mesmo Atlético no segundo turno da fase de pontos, uma equipe montada de forma recuada, visando acabar com as jogadas de profundidade do Rubro-Negro. Por outro lado, sua jogada ofensiva, será através de contra-ataques velozes, explorando as lacunas deixadas pelos laterais e volantes do Atlético. Na defesa, Donato e Renato ficarão encarregados de bloquear qualquer jogada aérea.

A Volta

O segundo jogo será no Onésio Brasileiro Alvarenga, no dia 22 de março, às 20h. Com promessa de estádio cheio, mais de 1.400 ingressos já foram vendidos para a decisão do primeiro finalista do Goianão 2022.

Comentários