Esportes

Jorginho retorna ao Atlético-GO para sequência da temporada

O técnico que retorna a equipe rubro-ngro, chega em Goiânia nesta terça-feira, 17, para assistir o duelo do Dragão diante do Antofagasta pela Sul-Americana

diario da manha

Nesta segunda-feira, 16, o Atlético Goianiense acertou a contratação do técnico Jorginho. O treinador que retorna a equipe rubro-ngro, chega em Goiânia nesta terça-feira, 17, para assistir o duelo do Dragão diante do Antofagasta pela quinta rodada do Grupo F da Copa Sul-Americana, às 21h30, no Estádio Antônio Accioly. 

O treinador deve ser apresentado nesta quarta-feira, 18, e comandará a atividade do CT do Dragão para iniciar a preparação para sua estreia no próximo sábado, 21, diante do Coritiba pela Série A do Brasileiro, em busca do seu primeiro triunfo na competição. 

Jorginho comandou a equipe do Atlético-Go no ano passado em 13 partidas, e logo após, pediu demissão, por divergências com o presidente Adson Batista. Entretanto, esta é a segunda passagem do treinador no Dragão. A contratação foi definida em reunião entre o presidente do clube, Adson Batista, e o treinador no Rio de Janeiro.

“A opção pelo Jorginho é porque ele é um cara que tem caráter, tem muita capacidade, conhece a competição e os jogadores gostam do trabalho dele. Ele é uma pessoa séria, profissional que a arbitragem respeita e tem um currículo invejável. O Jorginho fez um grande trabalho no Cuiabá, tirou o time da zona de rebaixamento e, principalmente, levou para a Sul-Americana. Ele conhece o futebol brasileiro e está muito adaptado”, disse o presidente Adson Batista sobre a escolha do retorno de Jorginho. 

Jorginho chega para disputar três competições, sendo a Copa Sul-Americana, Série A e Copa do Brasil. Na Sul-Americana, o Dragão está no grupo F, no qual é líder e disputa a classificação com o LDU. Na Copa do Brasil, o clube conseguiu avançar para as oitavas de final. Por outro lado, no Campeonato Brasileiro, o Atlético possui três empates e três derrotas em seis rodadas, não obteve nenhuma vitória. 

Comentários