Esportes

Vila Nova: Higo Magalhães aposta na maturidade da equipe para conseguir a classificação diante do Fluminense

Para o técnico, a equipe Colorada tem maturidade para ficar com a vaga, e destaca que o ambiente com estádio lotado também será um fator de incentivo.

diario da manha

O Vila Nova enfrenta o Fluminense nesta quarta-feira, 11, no Estádio Serra Dourada, e pela primeira vez, Higo Magalhães irá comandar o Tigrão com o Serra lotado, já que na noite desta terça-feira, 10, mais de 20 mil ingressos já tinham sido vendidos. Válido pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. 

Higo Magalhães está no comando do Vila Nova Futebol Clube por quase um ano, e o professor espera conseguir levar o time para as oitavas de final da competição, mas para isso, o Tigre precisa vencer por um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis , ou com dois gols de diferença em tempo normal. 

“Por mais que o Fluminense tenha sua grande história, jogadores de alta qualidade, as pessoas falam que vão ao Serra Dourada para prestigiar o Vila Nova. É um novo confronto, agora com o Fernando Diniz, que desde o primeiro jogo já está com suas ideias bem claras. No jogo que já teve na Sul-Americana, já tentou induzir seus atletas a cumprirem aquilo que ele acredita e nós devemos estar totalmente concentrados. Vai ser um duelo muito difícil e vamos fazer o nosso melhor”, disse Higo Magalhães. 

Higo Magalhães ressalta a questão mental para que seu time esteja concentrado o tempo todo para alcançar a classificação e a “saúde financeira” do time, que também é muito importante. Para o técnico, a equipe Colorada tem maturidade para ficar com a vaga, e destaca que o ambiente com estádio lotado também será um fator de incentivo.   

“Falo muito da questão mental e acredito muito na energia de vestiário, na atmosfera gigantesca que vai estar no estádio, no ambiente antes do jogo, neste nível de conexão e na clareza em mostrar para os atletas a importância desta classificação, mesmo enfrentando uma grande escola, mas devemos ter a consciência de que o clube precisa da nossa ajuda para melhorar a sua saúde financeira”, disse Higo.

“O nosso grupo é muito maduro. Vimos no confronto contra o Guarani que nos exigiu fazer um jogo muito forte. Tínhamos convicção, especialmente nas cobranças de pênaltis, que nós passaríamos, justamente por causa dessa vivência. Agora é uma outra oportunidade onde, por mais que seja parecida, nunca será igual aquela que já passou”, finalizou.

Comentários