Formosa

Ex-presidente da Câmara de Formosa é investigado pelo MPGO por desvio de verba

Além do parlamentar, um procurador e um motorista são alvos da investigação do MPGO

diario da manha

Pelo menos quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos na última quarta-feira, 22, na Câmara de Vereadores de Formosa, no Entorno do Distrito Federal. De acordo com as informações divulgadas, o Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) deflagrou uma operação na qual tem como objetivo investigar o desvio de recursos públicos na Câmara.

Conforme as informações divulgadas, o dinheiro foi desviado no ano passado e usado de forma ilegal para o pagamento ilegal e fraude em diárias de viagens.

Entre os investigados estão um vereador e que na época era o presidente da Câmara de Vereadores da cidade, um ex-procurador e um motorista. De acordo com o MPGO, as investigações continuam através da 3ª Promotoria de Justiça da Comarca, no intuito de identificar outros envolvidos no esquema.

O MPGO afirmou que os mandados foram cumpridos após ter autorização do juízo da 3ª Vara Criminal de Formosa e que o órgão contou com o apoio da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) para o cumprimento da ordem judicial.

Leia também:

Comentários