Goiânia

Goiânia apresenta queda de internação de idosos por Covid-19

De acordo com o superintendente de vigilância em saúde, Yves Mauro Ternes, essa tendência de redução de internação de idosos pode ser fruto do isolamento social adotado por idosos desta faixa etária por conta dos decretos estadual e municipal

diario da manha

Goiânia registra tendência de queda de internação de idosos acima de 80 anos por conta do isolamento social, é o que aponta a Superintendência de Vigilância em Saúde da capital, que observa a inclinação da curva de intercorrências deste tipo na faixa etária. A vacinação atinge apenas 8,3% da população de Goiânia.

De acordo com o superintendente de vigilância em saúde, Yves Mauro Ternes, essa tendência de redução de internação de idosos pode ser fruto do isolamento social adotado por idosos desta faixa etária por conta dos decretos estadual e municipal. Nesta faixa, a tendência ao isolamento é maior que nas outras, que foram mais baixa, na avaliação do técnico da prefeitura.

A vacina ainda não pode ser levada em conta neste cálculo, porque a segunda dose começou a ser aplicada recentemente. ”Somente vamos observar queda de internações e óbitos provocadas pela vacina em 15 dias após a aplicação da segunda dose”, avalia Yves Mauro.

Ainda de acordo com o superintendente, a adesão à vacinação está dentro do esperado para a faixa. Embora sem dados consolidados, ele observa que a quantidade de pessoas que estão se vacinando está dentro do projetado, em todas as regiões da capital.

Atualmente, 8,13% da população goiana foi imunizada com a aplicação de aproximadamente 125 mil doses. Para atingir a chamada proteção de rebanho os técnicos da prefeitura estimam que pelo menos 50% da população precisa ser vacinada contra a Covid-19.

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.jor.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Comentários