Goiânia

Torcedora que levou bolada no rosto durante jogo do Goiás luta para recuperar visão

"Comecei a gritar muito por causa da dor", disse a torcedora sobre a bolada no rosto

diario da manha
Foto/Trecho do vídeo

A esmeraldina Cristina Ventura, de 46 anos, perdeu temporariamente a visão dos dois olhos após ser atingida por uma bolada no rosto, neste fim de semana durante o jogo do Goiás contra Brusque no Serrinha, no Setor Tobogã, próximo do gol que fica do lado da T-62.

A torcedora foi atingida por aos 41 minutos, quando o jogador Rezende chutou a bola que saiu pela linha de fundo atingindo a arquibancada. Por causa da bolada no rosto Cristina precisou passar por exames mais detalhados para ter tratamento definido nos olhos.

Ela relatou que seu rosto doía muito e que foi preciso chamar o pronto socorro. Amigos da torcedora que a acompanhavam no estádio a ajudaram.

“Nesse momento, eu não caí, agachei e comecei a gritar muito por causa da dor.  Meu amigo (Roberci, conhecido como Saci) chamou o pessoal do Bombeiros, fomos para a direção das cabines de Rádio e lá ela disse que nós teríamos que sair do estádio para chamar o Samu, que não poderiam prestar atendimento. Nós saímos do estádio e fomos para o Hugo (Hospital de Urgências de Goiânia)”, contou.

Momento do acidente – Imagem/Reprodução

No Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO) ela passou por exames e por um neurologista. Depois disso, ela foi encaminhada para a Fundação Banco de Olhos de Goiás. Ainda nesta segunda-feira (29), a esmeraldina possui exames marcados para novas avaliações.

A médica me disse que as retinas ficaram bem feridas, a bolada foi muito forte. Me passou medicamentos, informou que o tratamento será longo e que preciso fazer mais exames hoje para ver se vai ser necessário fazer uma cirurgia. Agora eu não vejo nada, apenas vultos”, contou.

Leia Também

Comentários