Home / Goiânia

GOIÂNIA

“Trabalhamos para consolidar Goiânia capital tecnológica”

Rogério Cruz participa da Smart City Expo Curitiba 2023, evento que debate cidades inteligentes

O prefeito Rogério Cruz destacou os investimentos que a capital realiza em tecnologia urbana e o impacto que essas ações terão no futuro do município, ao participar, na quarta-feira, 22, da Smart City Expo Curitiba 2023, evento voltado para cidades inteligentes.

O evento tem participação de empresa recém-contratada pelo município que utiliza veículos com câmera de alta resolução e inteligência artificial para mapear trechos viários que precisam de intervenção. São observados 30 itens, como faixas de pedestres, sinais e placas de trânsito, buracos, bocas de lobo, lixo, placas irregulares, containers, mato e lixo, dentre outros. Prefeitos de todas as regiões do país compartilham experiências de seus municípios.

“Aqui, trocamos experiências, conhecemos novas tecnologias e pavimentamos o caminho da nossa capital para o futuro. Trabalhamos para consolidar a capital tecnológica”, aponta Rogério Cruz.

Um dos principais expositores da feira é uma empresa recém-contratada pela capital goiana. A Mapzer oferece serviço de mapeamento do sistema viário, utilizando inteligência artificial que identifica áreas que precisam de intervenção do município.

“É um veículo com uma câmera de alta definição que identifica 30 pontos simultâneos enquanto percorre as ruas da cidade. Hoje mesmo, quatro veículos percorrem as ruas de Goiânia, e realizam o primeiro mapeamento. Em cerca de 20 dias, o relatório inicial ficará pronto”, explica o titular do Escritório de Prioridades Estratégicas (EPE), Everton Schmaltz.

Após o mapeamento inicial, os veículos farão ciclos de 30 dias pelas ruas da capital. Os problemas identificados geram relatórios com imagens e geolocalização, e são enviados em tempo real para um banco de dados na nuvem que, imediatamente, encaminha as informações para o gabinete do prefeito Rogério Cruz e de cada secretaria específica, de acordo com a natureza da intervenção necessária.

No próximo ciclo, o próprio sistema verifica se o problema foi resolvido e, caso ainda não tenha sido solucionado, gera alerta para a área responsável. Cidades como Balneário Camboriú (SC), Uberaba (MG) e Hortolândia (SP) já contam com o serviço.

Everton diz que o equipamento, aliado ao uso da inteligência artificial, vai reduzir os custos do município com a melhora e economia da logística. “De acordo com estudos prévios de viabilidade, o aprimoramento da logística representa, em custos financeiros, grande economia para os cofres públicos. Hoje, a prefeitura é avisada de problemas por meio de vistorias, alertas enviados pela população pelo aplicativo Prefeitura 24 Horas, ou pela própria imprensa. Agora, vamos ter essas informações em tempo real. Uma equipe que iria para determinada rua resolver um problema, a partir de então poderá atender outras ocorrências na mesma região”, afirma o titular do titular do Escritório de Prioridades Estratégicas.

Experiências

Rogério Cruz participou de conversas com prefeitos de outras capitais do país sobre os desafios e usos da tecnologia na infraestrutura urbana. Com as prefeitas de Palmas (TO), Cinthia Ribeiro, e de Campo Grande (MS), Adriane Lopes, discutiu sobre o uso de energia limpa como forma de proteção do Cerrado. Conversou, ainda, com Marcelo Paiva, prefeito de Anhanguera, menor cidade de Goiás, que também participa do evento.

Leia também:

edição
do dia

Capa do dia

últimas
notícias

+ notícias