Home / Goiânia

Goiânia 89 ANOS

Uma conquista do interior do Brasil

Capital nasceu sob o signo de reafirmação da conquista do Centro-Oeste e do interior brasileiro

Apesar dos desafios em múltiplas áreas, Goiânia proporcionou novos olhares para o Brasil Central Apesar dos desafios em múltiplas áreas, Goiânia proporcionou novos olhares para o Brasil Central

Goiânia nasceu sob o signo de reafirmação da conquista do Centro-Oeste e do interior brasileiro. Pedro Ludovico deu novo alento ao Estado ao construir a nova Capital. Na sua concepção, a cidade de Goiás não propiciava condições de crescimento urbanístico moderno e a explosão de desenvolvimento sócio-econômico. Estava limitada.

Apesar dos desafios em múltiplas áreas, Goiânia proporcionou novos olhares para o Brasil Central. Tanto assim, que Juscelino se encorajou a edificar Brasília. E a rodovia Belém – Brasília, até então impensável, constituiu o adubo a novas cidades.

O segmento agropecuário sentiu-se estimulado e a resposta é sua resposta num PIB cada vez mais animador. Hoje, o município responde por um produto interno bruto de 0,11% no agro, correspondente a R$50.380 milhões. E ganhou o título de Capital do Agronegócio.

Lançada a pedra fundamental em 24 de outubro de 1933 por Pedro Ludovico Teixeira, Goiânia se tornou uma das capitais mais jovens do Brasil. Completando 89 anos em 2022, a capital goiana já passou por oito censos demográficos, que acompanharam o crescimento populacional de 2.603% entre 1940 e 2010.

Atualmente, estima-se que Goiânia possua uma população residente de 1.555.626 pessoas, 10º município mais populoso do País. O crescimento populacional traz consigo vários desafios para os gestores e para os próprios cidadãos.

Goiânia em números

Pelos dados do IBGE, em 2020 havia 72 mil unidades empresariais, 2,2 mil escolas, 15,5 mil unidades do comércio varejista e 3,5 mil iniciativas voltadas para a saúde. O pessoal no trabalho ascendia a 634 mil no todo. No segundo trimestre de 2022, 21,9% não possuía o fundamental completo, que favorecia 50,9%. O curso médio neste período ocupava 66,9%. O superior abrange 76,5%. O rendimento médio neste semestre corresponde a R$1.784,00 para as pessoas sem instrução, R$2.144,00 para quem possui o fundamental, R$2.302,00 para o médio completo e R$6.349,00.

A distribuição da população goianiense em 2021 era de 46,5% homens e 53,5% mulheres. Esse detalhe confirma a premissa que acompanha a cidade de dispor de maioria do sexo feminino. A cor parda predomina: 54,2%; branco, 37,9%; e preta 7,1%. Com relação à idade, 51,2% é composta de pessoas entre 25 a 59 anos. Até 24 anos, 32,8%; e 60 ou mais, 16%.

Dado interessante: a responsabilidade pelo domicílio, 46,7% era composta pelos homens. A mulher assumia 53,3%. Ocorreram 19.560 nascimentos em 2019. No ano seguinte, esse número caiu para 17.869. Os casamentos em 2019: 10.957. Em 2021, 8.904. Os divórcios somaram 3.165 em 2019. No ano seguinte, 3.022. Óbitos registrados em 2019, 8.429. Em 2021, totalizaram 10.611.

Capital do agronegócio

Na área da produção agropecuária, o IBGE apresenta um dado surpreendente: o rebanho bovino, que era de 33.495 cabeças em 1973, cai para 27.996 animais em 2021. A explicação está no crescimento urbano da Grande Goiânia. E o pecuarista optou pelo criatório em municípios mais distantes. Entre eles, o Vale do Araguaia, ou outros estados como Mato Grosso, Pará e Maranhão. A história se repete com os galináceos. Em 74, somavam 232.525 aves. Em 2021, eram restritos a 118.020. Suínos: 1974, o plantel era de 141.100 cabeças. Em 2021, 27 mil.

Para se tornar a Capital do Agronegócio, precisou-se de homens da estirpe de Altamiro de Moura Pacheco. Médico, farmacêutico, agropecuarista, empresário e escritor. Foi um dos maiores arquitetos na construção do agro goiano e na criação da SGPA, a entidade que promove as grandes feiras agropecuárias e de repercussão internacional.

Altamiro nasceu em 15 de março de 1896, em Bela Vista de Goiás. Mas, fixou residência em Goiânia. Criador e proprietário de terras, fundou o Instituto Médico Cirúrgico. Teve grande participação na mudança da capital federal do Rio de Janeiro para Brasília. Compunha a Comissão de Cooperação para Mudança da Capital Federal.

Altamiro acumulou fortuna que distribuiu com grande generosidade. A área do Parque Ecológico que leva seu nome. Doou 904 lotes do Setor Santa Genoveva para a construção do aeroporto de Goiânia e mais 100 outros terrenos para instituições de caridade.

Leia também:

  

edição
do dia

Capa do dia

últimas
notícias

+ notícias