Goiás

Operação cumpre mais de 30 mandados em Cocalzinho, Águas Lindas de Goiás e no DF

Segundo o delegado, parte dos mandados de busca e apreensão podem estar relacionados a pessoas suspeitas de ajudar na fuga de Lázaro Barbosa

diario da manha

A Operação Anhanguera, cumpre 37 mandados de busca e apreensão na manhã desta sexta-feira, 23, em Águas Lindas de Goiás e Girassol, distrito de Cocalzinho, e no Distrito Federal. Segundo o delegado Rilmo Braga, chefe operacional da operação, parte dos mandados de busca e apreensão podem estar relacionados a pessoas suspeitas de ajudar na fuga de Lázaro Barbosa.

A ação é articulada com as Polícias Civil, Militar, Federal e Rodoviária Federal (PRF). Foram enviadas 10 viaturas para cumprir as apreensões na região por onde Lázaro passou. Até 7h20 desta sexta-feira, chegaram quatro presos na delegacia de Águas Lindas.

O serial killer morreu no dia 28 de junho após trocar tiros com policiais militares em Águas Lindas, depois de 20 dias foragido. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO), ele era suspeito de matar uma família no Distrito Federal e de cometer mais de 30 crimes.

As forças de segurança pública de Goiás e do DF colocaram cerca de 500 policiais nesta operação que cumpre mandados relativos a crimes violentos.

De acordo com a SSP-GO, a Operação Anhanguera é a primeira de várias ações que serão desencadeadas na região. A SSP -GO vai divulgar o balanço da operação durante esta sexta-feira.

Comentários