Goiás

Suspeitos são presos por estelionato e associação criminosa

De acordo com a polícia, os criminosos, utilizaram a foto do filho da vítima e enviaram mensagens, via Whatsapp, solicitando transferências sob a justificativa de que o limite diário havia estourado

diario da manha

O Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes (GREF/DEIC), prendeu em flagrante, um homem de 26 anos e uma mulher de 23 anos pelo crime de estelionato mediante fraude eletrônica e associação criminosa, na tarde da última terça-feira, 03. Eles são suspeitos de aplicarem golpe de R$3.950 contra vítima de 59 anos de idade, em Manaus.

De acordo com a polícia, os criminosos, utilizaram a foto do filho da vítima e enviaram mensagens, via Whatsapp, solicitando transferências sob a justificativa de que o limite diário havia estourado. Acreditando falar com seu filho, a vítima acabou transferindo os valores, na conta indicada pelos criminosos.

Após o registro da ocorrência, a delegada responsável entrou em contato com o GREF-DEIC e os investigadores partiram no objetivo de identificar e localizar os criminosos, que foram capturados no Setor Asa Branca, em Goiânia.

Segundo a polícia, durante a busca na casa do suspeito, foram encontradas diversas porções de maconha, além de dinheiro trocado e papel filme para embalar os entorpecentes. O homem confessou que praticava o tráfico de drogas.

Os suspeitos confessaram o crime e foram autuados pelo delito do art. 171,§2º-A e 288, ambos do Código Penal e art. 33, caput, da Lei 11.343/06. Além disso, o homem foi autuado por tráfico de drogas. Os dois foram encaminhados ao Presídio e passarão à disposição da Justiça.

Leia também:

Comentários