Internacional

Idoso vai responder por crimes nazista durante a Segunda Guerra Mundial

Atualmente o alemão mora em Baviera e já trabalhou em Bathorn entre 1943 e 1945 e sua identidade não foi revelada

diario da manha

Um homem é acusado de se ex guarda do campo de Barthor na Alemanha. O alemão, de 95 anos, trabalhou nos campos de concentração, a Noroeste da Alemanha vai responder por ser cúmplice de assassinatos.

Nesta Segunda-feira, 21, o tribunal da Alemanha acatou as acusações feitas sob investigações contra o suspeito. Igualmente, as imputações do acusado são de homicídio em massa nos campos de concentração feitos por nazistas, no período da Segunda Guerra Mundial.

Atualmente o alemão mora em Baviera e já trabalhou em Bathorn entre 1943 e 1945 e sua identidade não foi revelada.

Muitos criminosos e adeptos que participaram das atrocidades da Segunda Guerra mundial, já são investigados pela Justiça da Alemanha. Igualmente no começo deste ano, um homem foi investigado, no qual é cúmplice de 3,5 mil mortes no campo de Sachsenhausen, a 46km de Berlim.

Igualmente no tribunal de Hamburgo, em 2020 foi condenado por dois anos de prisão, Bruno Day, ele é ex-guarda em um campo de concentração e foi acusado por ser cúmplice de 5,2 mil casos homicídios ou tentativa em Stutthof.

*Com informações do G1

Leia também:

Comentários