Internacional

Biden diz que inteligência previa controle do Taleban no Afeganistão só no fim do ano

Segundo Biden, o grupo fundamentalista enfrenta "uma crise existencial"

diario da manha

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, voltou a defender o processo de retirada das tropas americanas do Afeganistão e afirmou que não havia consenso entre os órgãos de inteligência de que o Taleban tomaria o controle do país de forma tão rápida. “Eles disseram que era mais provável de ocorrer no fim do ano”, disse o democrata, em entrevista à ABC News.

Biden comentou que o grupo fundamentalista enfrenta “uma crise existencial” sobre se deseja seguir com a política extremista ou ser reconhecido pela comunidade internacional como um governo legitimo. Segundo ele, não haveria maneira de encerrar a presença americana na região sem “caos”.

Questionado sobre a situação das mulheres sob a autoridade do Taleban, o presidente alegou que os EUA não podem garantir os direitos humanos por meio das Forças Armadas. “A maneira de lidar com isso não é com invasão militar”, argumentou.

Leia também:

Comentários