Internacional

Número de mortos pelo furacão Ida na costa leste dos EUA chega a 46

Na cidade de Nova York, segundo a polícia, foram pelo menos 13 mortes, 11 delas de pessoas que estavam em apartamentos localizados em subsolos de prédios, e que acabaram alagados diante do volume recorde de chuva

diario da manha
Por Redação

As tempestades provocadas por fragmentos do furacão Ida já deixaram ao menos 46 mortos em Estados da Costa Leste dos Estados Unidos. Muitas das vítimas morreram afogadas em suas casas ou carros, de acordo com as autoridades. Ao menos 23 pessoas morreram em Nova Jersey, de acordo com o governador do Estado, Phil Murphy. Na cidade de Nova York, segundo a polícia, foram pelo menos 13 mortes, 11 delas de pessoas que estavam em apartamentos localizados em subsolos de prédios, e que acabaram alagados diante do volume recorde de chuva.

O condado de Westchester reportou três mortes, e na Pensilvânia, ao menos cinco pessoas morreram, incluindo uma morta em uma queda de árvore e outra afogada dentro de um carro. Também foram reportados mortos e desaparecidos em Maryland e Connecticut.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, garantiu apoio aos afetados pelo furacão, que chegou ao país no último final de semana. Ele atribuiu a força da tempestade aos efeitos da mudança climática. “Essas tempestades extremas, e a crise climática, estão aqui”, disse Biden em discurso na Casa Branca. “Precisamos estar melhor preparados. Precisamos agir.”

Hoje, a Associated Press reportou que manchas de petróleo foram vistas no Golfo do México, uma das primeiras regiões pelas quais o Ida passou. A Agência de Proteção Ambiental (EPA, na sigla em inglês) informou que aeronaves vão sobrevoar o local para detectar possíveis vazamentos. Uma refinaria da Phillips 66 próxima do rio Mississippi, onde manchas também foram reportadas, também será inspecionada. A Guarda Costeira sobrevoou as duas regiões. Fonte: Associated Press.

Leia também:

Comentários