Internacional

Xangai cancela voos, metrô e aulas antes de passagem de tufão pela cidade

A mídia local chinesa informou que todos os voos seriam suspensos nos dois aeroportos de Xangai a partir das 15 horas de segunda, horário local

diario da manha
Por Associated Press

Voos e serviços de trem estão sendo cancelados em Xangai, maior cidade da China, à medida que o tufão Chanthu se aproxima do território continental chinês nesta segunda-feira, após provocar fortes ventos e chuvas em Taiwan.

A mídia local chinesa informou que todos os voos seriam suspensos nos dois aeroportos de Xangai a partir das 15 horas de segunda, horário local. O metrô também se preparava para fechar, enquanto escolas e muitos escritórios e lojas baixaram as portas pelo resto do dia.

O Chanthu causou chuvas de até 13 centímetros em Taiwan no domingo, após o epicentro da tempestade passar pela costa leste da ilha com ventos de até 162 quilômetros por hora, e antes de atingir o estreito de Taiwan rumo a Xangai.

Após provocar chuvas na cidade chinesa, o Chanthu deve rumar para o norte, na região leste da China, e dirigir-se para a Coreia do Sul e o Japão.

A tempestade passou pela ilha de Luzon, nas Filipinas, na última semana, mas não foram registrados danos ou enchentes.

Tufões são chamados de furacões no Atlântico Norte, no Pacífico Norte central e no Pacífico Norte oriental, mas tratam-se do mesmo fenômeno climático.

O tufão In-fa tocou o solo no sul de Xangai no fim de julho, cancelando voos e levando à retirada de cerca de 330 mil moradores do distrito de Fengxian, na região sul da cidade.

Chuvas e enchentes torrenciais em julho causaram a morte de ao menos 292 pessoas em Zhengzhou, uma grande cidade da província central de Henan, incluindo algumas que ficaram presas nos túneis do metrô.

Leia também:

Comentários