Internacional

Por espalhar fake news homem é condenado a mais de um ano de prisão no Texas

Homem postou duas mensagens no Facebook nas quais disse ter pago infectados com covid-19 para lamber itens em um supermercados

diario da manha

Uma brincadeira, ou melhor, uma fake news divulgada no Texas, Estados Unidos, fez com que um morador fosse condenado pela Justiça americana a mais de um ano de prisão. De acordo com as informações divulgadas, o rapaz fez uma postagem em suas redes sociais sobre à Covid-19, mas foi constatado que não passava apenas de um boato criado por ele.

O homem identificado como Christopher Charles Perez, de 40 anos, teria postado em abril de 2020 na sua conta do Facebook que pagou uma pessoa com Covid-19 para lamber itens em um supermercados situados em San Antonio, com o intuito de assustar os moradores da região.

Só que para a tristeza do engraçadinho, a brincadeira se enquadra em uma lei federal americana. Conforme as informações divulgadas sobre o caso, foi emitido pelo Gabinete do Procurador do Texas, um comunicado para a imprensa sobre a decisão referente a brincadeira feita por Christopher.

Após o caso ser analisado, a Justiça declarou Cristopher Charles Perez como culpado por violar a lei que criminaliza a divulgação de informações falsas e trotes que façam referência a armas biológicas.

*Com informações da CNN

Leia também:

Comentários