Mundo

O futuro, hoje, é o Canadá

País da América do Norte adota como planejamento estratégico para aquecer a sua economia a imigração. A exigência é de mão de obra qualificada, diz Patrícia Martins, advogada

diario da manha
Patrícia Martins, advogada internacional

A imigração de brasileiros para o Canadá cresceu 88% em 2019. É que o País da América do Norte adota a medida como planejamento estratégico. Para aquecer a economia. A exigência é de uma mão de obra qualificada. A categoria econômica é a que pode permitir que nascidos no ‘Patropi’ possam requerer o visto de trabalho. Depois, o pedido de residência permanente. É o que relata com exclusividade a advogada internacional, radicada no Canadá, Patrícia Martins.


Vagas abertas

Nascida em Goiânia, graduada na PUC e com amplo espaço no mercado, em Toronto, Patrícia Martins revela também que a perspectiva do Canadá é elevar. O que? Os níveis anuais de imigração. A ideia é pular para 340 mil. Já em 2020. Ano que vem. Como? Uma medida a ser executada é a redução e desburocratização do processo, que demora hoje 24 meses. Para um ano, frisa. “Mais: 80% do crescimento populacional é resultado da imigração”, informa ela.

Relatório de novembro de 2018, da ‘Statistics Canada’, registra que 430 mil vagas de empregos estavam disponíveis e não foram preenchidas naquele ano.

Comentários