Mundo

Incêndio em centro de detenção mata seis adolescentes no Egito

A investigação inicial aponta um curto-circuito elétrico como causa do incêndio.

diario da manha

Um incêndio que começou na quinta-feira (03), nas instalações em um centro de detenção juvenil no Egito, no distrito de Al-Marg, na capital, Cairo, matou pelo menos seis adolescentes e feriu outros 20, segundo as autoridades.

De acordo com a mídia local, a investigação inicial aponta um curto-circuito elétrico como causa do incêndio. O chefe da instalação foi preso enquanto os promotores investigavam o caso.

Autoridades disseram à agência de notícias Associated Press, que o incêndio ocorreu após uma briga entre duas crianças dentro da instalação. Caminhões do Corpo de bombeiros e ambulâncias foram enviados para o local. As chamas foram controladas por trabalhadores da Defesa Civil.

De acordo com o portal de notícias árabe-egípcio, Masrawy, o incêndio estava confinado a uma ala da instalação.

O Egito vivenciou uma série de incêndios nos últimos anos que causaram preocupações sobre as normas de segurança.

Em março, pelo menos 20 pessoas morreram e outras 24 ficaram feridas em um incêndio numa fábrica de roupas no Cairo.

De acordo com dados da Agência Oficial de Estatísticas do país, no ano passado, cerca de 52.000 incidentes de incêndio que causaram quase 200 mortes foram registrados no Egito.

Comentários