mundo

Após evitar vacina, austríaco pega covid-19 de propósito e morre

O homem almejava o "passe verde", cobrado em países da Europa, em que, para poder trabalhar ou frequentar áreas de lazer, a pessoa deve comprovar a vacinação completa ou provar que se recuperou da covid nos últimos seis meses

diario da manha

Um austríaco de 55 anos morreu após ir a “festa da covid”, em Bolzano, no norte da Itália, para se infectar propositalmente.

De acordo com o jornal italiano Il Dolomiti, o homem almejava o “passe verde”, cobrado em muitos países europeus. O passe verde permite que pessoas que tem um certificado de vacinação completa ou comprovante que se recuperou da covid-19 nos últimos seis meses, possam trabalhar ou frequentar áreas de lazer.

Patrick Franzoni, médico e coordenador da unidade anti-covid de Bolzano, afirma que as “festas da covid” são comuns na região dos Alpes, que fazem parte de países como Áustria, França, Alemanha, Itália, Liechtenstein, Mônaco, Eslovênia e Suíça.

“Nós recebemos mais de um relato vindo de médicos que trataram pacientes que admitiram ter sido infectados de propósito. Eles fazem isso para desenvolver anticorpos e obter o ‘passe verde’ sem vacinação. Existem consequências a longo prazo e até mesmo pessoas jovens podem parar no hospital”, alertou Franzoni.

A procuradoria de Bolzano abriu investigação para apurar as “festas da covid”.

Leia também

Comentários