Opinião

Doente difícil

José Vanin Martins,Especial para Diário da Manhã

diario da manha

 

Há doente e doente;

Há o doente difícil,

aquele que não quer morrer.

Chegou a hora,

Ele ignora e se rebola,

Ele quer, é viver.

Reclama, esperneia, xinga,

Tira as sondas,

Não se dá ao respeito.

 

Nada está bom,

É impaciente e exigente,

Quer tudo e todos

Só cuidando dele;

Ele não dorme

Para não ser surpreendido

Pela morte.

Fedido e mijado

Precisa sempre ser lavado.

 

Família cansada,

Uns se revezando,

outros fugindo,

a cruz muito pesada,

só orando, só rindo,

E, Deus  sempre presente,

Em cada gesto

Paciente ou impaciente,

Para aliviar o difícil doente;

E, para dar força e paciência

Aos cuidadores

Deste difícil doente impaciente

 

(José Vanin Martins, texto produzido em 10/8/2011)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 22:23

Brasília – Prazo de validade vencido

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar