Opinião

TI goiana em expansão

Marcelo Xavier de Oliveira ,Especial para Opinião Pública

diario da manha

Segundo o Relatório de Competitividade Global, divulgado no Fórum Econômico Mundial, realizado em setembro do ano passado, e referente ao período de 2011 a 2014, o país avançou pouco nos parâmetros internacionais. Em quatro anos, saltamos do indicador 4,32 para 4,34, ou seja, um crescimento tímido se comparado a outras economias. O índice leva em consideração os principais pilares macroeconômicos, como estabilidade dos mercados, educação e solidez das instituições públicas. Isso significa que há menos competitividade e, como consequência, os empresários tendem a se manter resistentes à inovação. Apesar disso, o esforço das empresas mesmo em cenário incerto, é de se manterem como referência em eficiência, o que exige inovação constante.

Projeção feita pela consultoria especializada IDC Brasil sinaliza a expansão tecnológica em diversos setores no país e em Goiás. Os investimentos na indústria de software brasileira feitos dois anos atrás apontam que a região Centro-Oeste concentrou 11,03% do total, conforme o mais recente estudo da IDC encomendado pela Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes) e divulgado em 2014. No ranking estamos na terceira colocação, atrás apenas da região Sudeste (64,6%) e Sul (13,4%). Goiás tem se destacado no setor de TI, com empresas sólidas e de projeção nacional que associam baixo impacto ambiental e alto retorno sócio-econômico, com absorção e formação de mão de obra.

Com o objetivo de fortalecer a competitividade da indústria goiana de TI, empresários do ramo criaram a Comunidade Tecnológica de Goiás (Comtec). O grupo, embora seja formado por concorrentes diretos no mercado, visa buscar solução de problemas em comum, como a busca pela inovação dos produtos, qualificação de mão de obra e gestão de pessoas. Uma das empresas parceiras é a Globaltec. Sediada em Aparecida de Goiânia, ela desenvolve de maneira exclusiva para o segmento da construção civil, o software UAU, solução que oferece o gerenciamento de todos os departamentos em apenas uma plataforma com economicidade e agilidade. É um sonho, que começou numa sala emprestada, se tornou realidade e cresceu em alcance e números. O conjunto de ações perpetuado em 2015 deve causar impacto positivo na economia goiana e aparecidense na geração de empregos e receita fiscal.

Inspirado pela possibilidade de realizar controle de clientes, fornecedores, compras, planejamento, venda, recebimentos, pagamentos, departamento de pessoal e contabilidade em plataforma única, conseguimos mudar a administração, do canteiro de obras ao financeiro, e nos manter atualizados e dinâmicos num segmento altamente competitivo. Atingimos a marca de 742 clientes em todo Brasil. O diferencial tem sido apoiado no conhecimento, com foco na educação continuada dos colaboradores e na formação de lideranças envolvidas com a qualidade final do serviço.

A trajetória de muitas empresas no Brasil é marcada por obstáculos e superação. Em segmentos especializados, a coletânea de dificuldades infraestruturais, tributárias e de recursos humanos é extensa. Na área de tecnologia há uma discrepância entre a quantidade de oportunidades e dificuldades, devido à necessidade do mercado e falta de condições favoráveis para o serviço. As deficiências de serviços públicos como geração de energia e de telecomunicações afeta profundamente esse mercado, além da carência de mão de obra especializada no Brasil.

Nesse cenário, o tempo de atuação e reconhecimento de todos os envolvidos são conquistas inestimáveis. A projeção no ramo de software para gestão e automação de construtoras, incorporadoras e imobiliárias é resultado de esforço e trabalho pessoais aliado à dedicação dos colaboradores para oferecer funcionalidade e tecnologia de ponta aos usuários.

 

(Marcelo Xavier de Oliveira é analista de sistemas e CEO da Globaltec)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais