Opinião

Filho meu! Para Luís Neto, meu único e amado filho

diario da manha

 

Filho meu! Nunca te esqueças de amar e de perdoar

Leia bons livros, estude muito, viaje sempre, saia da rotina

O temor a Deus e o amor ao próximo é o dever de todo o homem

O trabalho digno nos leva a colhermos os frutos de uma boa consciência.

 

Jamais nos esqueceremos do dia 21 de dezembro de 2003

Um coro angelical pairava sobre Goiânia, naquela linda noite pré-natalina

Desde o ventre foste amado e desejado pelo sonho paternal e maternal

A tua existência coroou o nosso lar de felicidade, ternura e novas experiências.

 

A vida é passageira, por isso, aproveite da vida a cada momento

Sorria sempre que puder e compartilhe com os outros a sua felicidade

Reparta o pão com o faminto, a humildade é a grandeza de uma alma generosa

O dinheiro não é tudo, pois não compramos o amor, a felicidade e os dons de Deus.

 

Há momentos de chorar, mas as lágrimas serão bálsamos de expe-riência

A felicidade é um momento da vida que se intercala com a tristeza

Plante o bem, a paz e a gentileza, e colherás o bem, a paz e a gentileza

Respeite a velhice e os velhos, pois os novos de hoje serão os velhos do amanhã.

 

(Giovani Ribeiro Alves, filósofo, professor de Filosofia no Colégio Estadual Vida Nova, em Goiânia, escritor, poeta, professor de Filosofia no Instituto Bíblico de Campinas (Ibicamp), membro de Associação Goiana de Imprensa e articulista do Diário da Manhã)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais