Opinião

João Francisco, um português brasileiro

diario da manha

Meu amigo, irmão que pela graça de Deus convivemos há bastante tempo e assim muito tenho aprendido. Veio de Portugal, padre responsável e atuou por quase três anos, veio para o Brasil e também por quase três  anos exerceu a função de sacerdote. Mas sentindo que a vocação não era completa deixou o sacerdócio e continuou sacerdote dentro da sociedade  e mais tarde casou-se com irmã Terezinha, uma mulher de muitas virtudes. Vieram os filhos Izabela, Cíntia, Rodrigo e Ricardo, abençoados, uma família unida pelo amor e respeito e hoje traz bênçãos pela unidade diante da enfermidade do amigo, João Francisco. Nos momentos difíceis nos momentos de enfermidade  este amor em família é a grande força que consola e traz a recuperação. Eficiente funcionário do Senai deixa exemplos de dedicação e responsabilidade grande conceito nesta entidade. Dr. Carlos Limonge, juiz da Infância e Juventude, ao criar a “Cruzada pela Dignidade das pessoas”, e conhecendo seu trabalho e capacidade inclusive na Escola de pais o convidou para participar da “Cruzada”. Nesta organização do bem para proteger e orientar as famílias, combater as drogas e orientar os jovens. Desta forma o convidou para presidir esta ONG que, pelo espírito do seu criador, dr. Carlos,  tem hoje uma unidade de todos os setores da sociedade. A unidade do bem pelo bem, católicos, evangélicos, espíritas, e representantes de todos os orgãos públicos e privados participam como um grande exercito do bem contra o mal. Assim João Francisco assumiu a presidência da Cruzada e após uma licença para tratamento médico e após um grande trabalho voltando em 2014 a presidir a Cruzada pela Dignidade após minha passagem na direção desta ONG. Em 2013 estivemos em sua fazenda em reunião e sob muitas experiências espirituais estivemos com este querido casal e com sua filha Izabela e dr. Carlos Limonge obtendo soluções, e planejamentos foram definidos para um trabalho mais eficiente. Uma longa conversa na capela no alto do morro, apenas nos dois e Deus,  marcaram  minha vida aprendi muito e mais admiração a este homem de caráter cristão que todos nós precisamos ter. Dr. Carlos, Terezinha, Izabela e sua filha foram companhias inesquecíveis em momentos importantes para nossas vidas e especialmente para os rumos da Cruzada. Aguardamos com fé sua volta com a saúde renovada para nos dar mais ânimo e a certeza de um presidente eficiente, dinâmico e criativo. Deus o abençoe abençoando sua linda família. João Francisco sempre muito correto por formação e quando deixou o sacerdócio fez questão de ser dentro dos costumes e exigências da igreja católica sendo autorizado  pelo Papa. Assim tem sido o ser humano João Francisco,  um sacerdote, como pai, como cristão, como participante da sociedade. Um exemplo a ser seguido e um amigo fiel e uma vida para servir. Abraços fraternais do amigo pr. Leordino e família, e todos os participantes da Cruzada pela Dignidade.

 

(Leordino Lopes de Carvalho Junior, presidente do CPA “Conselho de   Pastores de Anápolis, vice-presidente da Cruzada pela Dignidade)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 22:23

Brasília – Prazo de validade vencido

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar