Opinião

Os indignados de Catanduva e a manifestação

diario da manha

Incluída na rota dos comícios com plateia selecionada pelos petistas para inauguração de algum ajuntamento do “Minha Casa Minha Vida”, a cidade de Catanduva, 120 mil habitantes, no estado de São Paulo, não desperdiçou a sua chance para mostrar à presidente Dilma Roussef e à sua turma, nesta última terça-feira, 24/08, a cara do País real que o PT tenta esconder com o apoio de uma mídia omissa e bem paga. Os catanduvenses indignados fecharam as portas do comércio logo de manhã. Centenas de manifestantes marcharam pelas ruas cantando o Hino Nacional ou resumindo a indignação e a esperança da resistência democrática na palavra de ordem que contagia o País “Fora Dilma, impeachment já”, mostrando ao governo petista que por todos os cantos do Brasil a sua reprovação é quase total.

(Benone A. de Paiva, via e-mail)


Frango mais barato

Jatiacy Francisco da Silva

Frango congelado 30% mais barato em todo o País! Quando for ao supermercado, antes de dar bom dia ao caixa, corra para a gôndola de frangos pegue o maior (afinal com minha dica você economizará 30%), discretamente, com as unhas faça um pequeno rasgo no saco que envolve o frango e coloque-o na parte de baixo do carrinho. Não tenha pressa, fique dando umas voltinhas no supermercado, a economia valerá a pena. Ao fim de uns 15 minutos o frango vai descongelando e todo o gelo você pagaria junto com o frango (cerca de 30% do peso) vai ficar esparramado pelo chão, mas não se preocupe com isso, sempre aparece um funcionário para enxugar…

(Jatiacy Francisco da Silva, via e-mail)


De governos e felinos

Silvio Natal

Disse o ministro Joaquim Levy a propósito do arquivamento da CPMF: “Se a gente quiser dar uma de Grécia e não ter impostos, teremos que pagar por isso.” Entendo exatamente o que o ministro quis dizer. Afinal, de algum lugar haverão de sair os recursos para cobrir os rombos das contas públicas, estropiadas durante o primeiro governo Dilma Rousseff. É bom que se diga, todavia, que a carga tributária do Brasil, da ordem de 36% do PIB, está acima da vista em grande parte das nações desenvolvidas e é muito superior à média dos demais emergentes. Logo, o que não falta no Brasil são tributos. O problema não é a baixa tributação mas a hipertrofia do Estado, que só faz aumentar de tamanho, devorando todos os tributos arrecadados e, não contente, gerando um déficit nominal que está, hoje, em 8,81% do PIB. Esse rombo – produzido exclusivamente pelos gastos inconsequentes do Estado – suga, com uma fome pantagruélica, as riquezas da Nação. O correto seria o governo do PT diminuir o tamanho do nosso Leviatã e não inventar novos tributos para saciar a fome do monstrengo. Mas esperar sensatez de governo populista é o mesmo que tentar ensinar felinos a serem vegetarianos.

(Silvio Natal, via e-mail)


“Caso necessário”

Paulo Roberto Gotaç

O ex-presidente Lula declarou recentemente que poderia candidatar-se em 2018, “caso necessário”. Após protagonizar, quando eleito em 2002, a maior armadilha eleitoral de todos os tempos; desenvolver um padrão de governo populista durante o qual acentuou o “nós e eles”, embora, depois que assumiu o poder descambou mais para o grupo do “eles”, detentor hoje de grande fortuna; ser ignitor dos maiores esquemas de corrupção de todos os tempos, também suspeito de neles estar envolvido diretamente, apesar dos reiterados “eu não sabia”; determinar uma política externa que deveria ser de estado mas virou instrumento de poder partidário e que, por isso, submeteu o país a vários constrangimentos diplomáticos e o tirou do fluxo do grande comércio internacional; usar, como corolário dessa mesma diplomacia de botequim, o dinheiro do povo brasileiro para financiar a construção de portos  em países ideologicamente alinhados com o governo mas não com a sociedade, mediante influência sua com grandes empreiteiras; depois de tudo isso, surge a pergunta: qual o significado que Lula tentou dar à expressão “caso necessário”, em sua declaração?

(Paulo Roberto Gotaç, via e-mail)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais