Opinião

Árvore de Natal com gorjeio dos pássaros

diario da manha

Em ou­tu­bro pró­xi­mo pas­sa­do es­ti­ve na be­la ci­da­de mi­nei­ra de Po­ços de Cal­das, e, na por­ta­ria do ho­tel em que hos­pe­dei, ha­via uma gai­o­la on­de os pas­sa­ri­nhos can­ta­vam co­mo se es­ti­ves­sem dan­do bo­as-vin­das aos que che­ga­vam e de­se­jan­do boa vi­a­gem aos que sai­am.

O can­tar dos pás­sa­ros fez lem­brar-me de uma can­ção ser­ta­ne­ja dos fa­mo­sos can­to­res e com­po­si­to­res Ra­ul Tor­res e Flo­rên­cio, de sa­u­do­sa me­mó­ria, cu­jos ver­sos as­sim di­zi­am:

Pas­sa­ri­nho pri­si­o­nei­ro

Can­ta tris­te na gai­o­la.

Can­ta, can­ta, dia in­tei­ro,

Seu can­tar é que lhe con­so­la.

Na­que­le mo­men­to, de­se­jei ar­mar nes­te Na­tal uma ár­vo­re den­tro do meu co­ra­ção. Em ca­da ga­lho co­lo­ca­ria um pás­sa­ro que, por des­ven­tu­ra, es­ti­ves­se nu­ma gai­o­la. Po­de­ria ser um ca­ná­rio bel­ga, um ro­xi­nol, um Jo­ão de Bar­ro, um pás­sa­ro pre­to, um bi­cu­do, um ti­zio, um ti­co-ti­co, um pe­ri­qui­to, uma ara­pon­ga, um sa­biá, um bem-te-vi, uma gar­rin­chi­nha, um pa­pa­gaio, uma ara­ra, um ui­ra­pu­ru, uma ro­li­nha, um cu­rió, uma ju­ri­ti.

Na úl­ti­ma e mais for­te dos ga­lhos fi­ca­ria um ui­ra­pu­ru, que se­ria o ma­es­tro a re­ger a pri­mei­ra or­ques­tra, e to­do o pas­sa­re­do se pu­nha, em so­le­ne fes­te­jo na­ta­li­no, a can­tar pa­ra­béns ao Se­nhor Je­sus Cris­to, pe­la pas­sa­gem de seu ani­ver­sá­rio e de­se­jan­do fe­liz ano no­vo pa­ra to­dos e prin­ci­pal­men­te aque­les que pro­me­tes­sem nun­ca mais fa­zer uma gai­o­la. E as­sim, no di­zer de um es­cri­tor go­i­a­no, au­tor dos li­vros “Cre­pús­cu­lo Vi­vo” e “His­tó­ria da Ter­ra Bran­ca”, ha­ve­ria “a li­ber­da­de que faz can­tar o pás­sa­ro li­vre, não ape­nas pa­ra mim, se­não o can­to se­ria tris­te co­mo um pran­to nas gai­o­las chei­as de al­pis­te”.

 

(Sa­lo­mão Jor­ge, ex-ge­ren­te da Cai­xe­go, mes­tre ins­ta­la­do da Lo­ja Ma­çô­ni­ca­ Or­dem e Pro­gres­so – Go­i­â­nia – GO)

 

tags:

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais