Opinião

A formação do artista autista

diario da manha

Ar­te Cê­ni­ca é uma for­ma de ar­te apre­sen­ta­da em um pal­co ou lu­gar des­ti­na­do a es­pec­ta­do­res.

O au­tis­mo é tran­stor­no de de­sen­vol­vi­men­to que ge­ral­men­te apre­sen­ta nos três pri­mei­ros anos de vi­da e com­pro­me­te as ha­bi­li­da­des de co­mu­ni­ca­ção e in­te­ra­ção so­ci­al.

O pro­je­to vi­sa uma com­pre­en­são um es­tu­do de uma aná­li­se no con­tex­to de co­mo se adap­tar o au­tis­ta ar­tis­ta nas ati­vi­da­des cê­ni­ca on­de se­rão de­sen­vol­vi­das, uma co­or­de­na­ção mo­to­ra, ha­bi­li­da­des in­te­lec­tu­ais e ar­tís­ti­cas, pa­ra uma re­a­bi­li­ta­ção pro­fis­si­o­nal.

As ser­vi­ços de re­a­bi­li­ta­ção pro­fis­si­o­nal de­ve es­tar a dis­po­si­ção de to­das as pes­so­as por­ta­do­ras de de­fi­ci­ên­cia. Des­de que pos­sa ser pre­pa­ra­do pa­ra um em­pre­go que lhe con­ve­nha e te­nha pers­pec­ti­vas ra­zo­á­veis de o con­se­guir man­ter.

Mui­tos pen­sam que o di­ag­nós­ti­co de au­tis­mo con­de­na uma cri­an­ça a uma vi­da so­li­tá­ria sem qual­quer re­a­li­za­ções. A his­tó­ria pro­vam que es­ta te­o­ria é fal­sa, e mui­tas pes­so­as com as for­mas de fun­cio­na­men­to su­pe­ri­or do au­tis­mo pas­sa­ram a fa­zer gran­des coi­sas. Há al­gu­mas pes­so­as au­tis­tas fa­mo­sas que po­dem ser uma ins­pi­ra­ção pa­ra as cri­an­ças com au­tis­mo ou pa­ra seus pa­is. No ano pas­sa­do, uma equi­pe de tes­tes da Ul­tra, que tem se­de em No­va York, se de­di­cou a des­co­brir fa­lhas de softwa­re pa­ra a em­pre­sa res­pon­sá­vel pe­los prê­mios Webby, que ho­me­na­gei­am a ex­ce­lên­cia na in­ter­net. Os au­tis­tas des­co­bri­ram de 5 a 10 ve­zes mais coi­sas do que a gen­te. Fi­ca­mos im­pres­sio­na­das dis­se Ste­ve Mar­che­se, pro­du­tor exe­cu­ti­vo da Webby Mé­dia Groups. “Es­sa é uma for­ma mui­to in­te­li­gen­te de uti­li­zar os dons que as pes­so­as do es­pec­tro têm. Elas ten­dem a se­rem mui­to bo­as em se­guir, aper­fei­ço­ar e oti­mi­zar um pro­ces­so. Bill Ga­tes (ci­ta­do no li­vro “Thinking in pic­tu­res” de Tem­ple Gran­din, co­mo ten­do ca­rac­te­rís­ti­cas au­tis­tas) é di­re­tor da Mi­cro­soft e in­ven­tor do Win­dows. Ja­mes Dur­bin, can­tor ame­ri­ca­no de rock, foi di­ag­nos­ti­ca­do com sín­dro­me de As­pe­ger. Da­vid Gil­mour, can­tor de rock, Mo­zar, Mc Beth, mú­si­cos fa­mo­sos au­tis­tas. Jab­son Maia, au­tis­ta e faz cou­vert de Ro­ber­to Car­los, Chris­top­her Duf­fley, me­ni­no au­tis­ta, ce­go e ór­fão, gra­vou um CD< en­con­trou na mú­si­ca um re­mé­dio pa­ra o au­tis­mo. (Ve­ra Gar­cia. “Au­tis­tas fa­mo­sos e sur­pre­en­den­tes”)

A im­por­tân­cia des­se pro­je­to vem de en­con­tro as ne­ces­si­da­des des­ses ar­tis­tas au­tis­tas se in­te­gra­rem na so­ci­e­da­de, pro­je­tan­do uma in­te­ra­ção den­tro do con­tex­to cê­ni­co e cul­tu­ral, co­mo pro­fis­si­o­nais au­tis­tas.

Con­tri­bu­ir, por meio das ar­tes cê­ni­cas, com o de­sen­vol­vi­men­to do in­di­vi­duo au­tis­ta de mo­do que ele pos­sa atu­ar no mer­ca­do de tra­ba­lho co­mo um au­tis­ta-ar­tis­ta pro­fis­si­o­nal.

Es­tru­tu­ra­ção de am­bi­en­tes, on­de pro­fis­si­o­nais de áre­as es­pe­cí­fi­cas, pos­sam re­pas­sar ati­vi­da­des den­tro de con­te­ú­dos de téc­ni­ca es­pe­ci­fi­ca, pa­ra que os in­di­ví­duos pos­sam exer­cer pro­fis­sões den­tro de ca­rac­te­res éti­co/es­pe­cí­fi­co.

In­te­ra­gir com os in­di­ví­duos au­tis­tas, bus­can­do co­nhe­cer os de­se­jos den­tro do seu am­bi­en­te e fo­ra de­le, vi­san­do o seu de­sen­vol­vi­men­to cog­ni­ti­vo na es­pe­ran­ça de mu­dan­ças no mun­do on­de ele vi­ve e atu­al, co­mo pro­fis­si­o­nais acom­pa­nhan­do e ava­li­an­do os seus ob­je­ti­vos mais ín­ti­mos. Ob­via­men­te, con­sci­en­ti­zar to­da so­ci­e­da­de dos va­lo­res co­mo pes­soa hu­ma­na, no mun­do mo­der­no on­de ele vi­ve.

 

(Roz­mi­ra Ma­ria Fer­rei­ra, cur­so su­pe­ri­or em Ge­o­gra­fia, Tec­no­lo­gia Cê­ni­ca e pó-gGra­du­a­ção em So­cioeco­nô­mi­co)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais