Politica

Parlamentar do PSL ofende deputadas da bancada

Elas levaram a situação ao conselho de ética por machismo e também pela agressão verbal

diario da manha

O deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS), fez ofensas as parlamentes Sâmia Bomfim (PSOL-SP), Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Érika Kokay (PT-DF).

Ele chamou elas de histéricas e também as classificou como “deputéricas”, durante a votação da medida provisória da Casa Verde e Amarela .

“Deputadas histéricas, vou criar um neologismo: ‘Deputérica’. Quando eu falar “Deputérica”, estarei me dirigindo a uma Deputada histérica, que não tem posicionamento, que não tem bom senso e que não se enquadra dentro do decoro parlamentar”, disse o deputado.

Conselho

O caso foi levado ao Conselho de Ética da Câmara.

Segundo a líder do PSOL, Sâmia Bomfim (SP), “Um deputado da base do governo foi à tribuna para chamar as mulheres deputadas de histéricas e as ofendeu, nos ofendeu, desqualificou completamente o nosso papel no debate político, na intervenção parlamentar e ainda criou um apelido ridículo, indecoroso, machista e inadmissível”.

E a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) não gostou e disse que pessoas histéricas possuem distúrbios emocionais ou psíquicos. “Isso é uma forma de agressão, de falta de decoro. Isso merece, de fato, uma análise do Conselho de Ética”.

*Com informações do IG

Comentários