Home / Política

POLÍTICA

Bolsonaristas são retirados de sessão ao protestarem no aniversário do PT

Cerimônia ocorreu na Câmara dos Deputados, a presidente da sessão, Maria do Rosário (PT), pediu para que os parlamentares bolsonaritsas saíssem do local

Reprodução Reprodução

Os deputados bolsonaristas Coronel Meira (PL-PE), Eduardo Bolsonaro (PL-SP) e Paulo Bilynskyj (PL-SP) foram retirados durante uma sessão que comemorava o aniversário de 44 anos do Partido dos Trabalhadores (PT), na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Os parlamentares levaram uma faixa, em que estava escrito: "44 anos de corrupção, ‘parabéns'", e foram alvos de vaias pelos que estavam ali presentes, e logo saíram sob gritos de "ladrão de joias" e "sem anistia", que se referem ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

A presidente da sessão, Maria do Rosário (PT-RS), solicitou que os deputados bolsonaristas deixassem a sessão.

“Sob minha condução, não! Afastem-se, ninguém toca em deputado, mas os deputados não permanecerão desonrando o parlamento. Ou se comportam como deputados, ou se retiram", disse a deputada.

Enquanto isso, simpatizantes do PT vaiavam os parlamentares. A polícia legislativa compareceu ao local para evitar brigas entre militantes e os parlamentares.

Leia também:

  

edição
do dia

Capa do dia

últimas
notícias

+ notícias