Política & Justiça

Isaura entrega Prêmio Mulheres Combativas

diario da manha
Isaura Lemos: prêmio para mulheres que não se submetem à opressão (sergio rocha/ alego)

Danyla Martins
A deputada Isaura Lemos, presidente regional do PCdoB, promoveu evento na última sexta-feira (13), no Auditório Costa Lima da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), em sequência às comemorações pelo Dia Internacional da Mulher. Juntamente com a vereadora de Goiânia Tatiana Lemos (PCdoB), a parlamentar entregou o Prêmio Mulher Combativa a 97 mulheres goianas.
A deputada licenciada Lêda Borges (Secretária estadual da Mulher) congratulou-se com Isaura pelo evento. “Todas nós nos sentimos honradas e gratificadas em ser agraciadas com essa homenagem, é um reconhecimento pelo trabalho que realizamos.”
“Conseguimos reunir não apenas dezenas de mulheres combativas, que lutam diariamente pelos direitos da categoria, mas, também, homens que efetivamente apoiam a nossa luta. O Prêmio Mulher Combativa foi criado para homenagear aquela mulher que não se submete à opressão, que arregaça as mangas e diz “vamos à luta”, enfim para a mulher que faz da sua dor o trabalho social. E queremos cada vez mais trazê-las para a vida política”, enfatizou Isaura Lemos.
E esse foi o segundo evento comemorativo ao Dia Internacional da Mulher promovido pela deputado comunista, na Alego. O primeiro foi realizado no último dia 6, no qual diversas mulheres foram homenageadas com a Comenda Berenice Teixeira Artiaga, em sessão especial realizada no Plenário Getulino Artiaga.
Isaura Lemos falou da importância do papel da mulher na sociedade, lembrando que o momento é propício para fazer política e para defender interesses da classe. “Esta entrega de prêmio não é apenas uma homenagem e, sim, o reconhecimento dos serviços prestados de cada uma à sociedade”. Todas as mulheres que compuseram a mesa discursaram e, também, enfatizaram a luta da mulher por uma verdadeira igualdade, sobretudo em nível de trabalho, com os homens.
Algumas das homenageadas, como Lêda Borges, Teresa Sousa, Dolly Soares e Anália Franco Granato, enalteceram a iniciativa de Isaura Lemos. “Trata-se de um incentivo à mulher para seguir lutando pela real valorização da classe”, disse Anália Franco, que é advogada.

Comentários