Política & Justiça

Marconi volta a defender Dilma Rousseff e mira “políticos oportunistas”

diario da manha
Marconi Perillo: “sempre recepcionei a presidente com cordialidade” (fotos: divulgação)

Governador tucano diz que os interesses de Goiás estão acima das diferenças partidárias

Helton Lenine Especial para Política&Justiça

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), voltou a defender a presidente Dilma Rousseff e atacou “falsos moralistas, oportunistas e mesquinhos” após ter sido alvo de críticas da cúpula do PSDB. Os tucanos ficaram irritados com seu discurso fervoroso em favor da petista durante evento do governo federal em Goiânia na última quinta-feira 19.
Ele disse, através do Twitter, ter recebido a presidente com “educação” e “hospitalidade” e que não poderia ter feito diferente do que fez. “Enfrentei com altivez uma claque de petistas radicais, que chamei de intolerantes. Tive como sempre a coragem de expor minha opinião em ambiente hostil a mim e aos meus companheiros. Mas me comportei com firmeza e equilíbrio”, afirmou o tucano.
“Ao contrário de falsos moralistas, oportunistas e mesquinhos, exerço minhas funções com responsabilidade e foco nos interesses de Goiás. Seria bom dizer também do respeito que tenho pela democracia, pelo republicanismo e pelas legítimas e pacíficas manifestações nas ruas. Lutando por seus direitos e pelas suas convicções, como ocorreu no último dia 15”, ressaltou ainda o governador.
Marconi declarou ainda ter sido sempre “coerente em minhas posições políticas. Sou tucano há 20 anos e nunca deixei de cumprir bem meu papel nessa trincheira de luta”. O discurso em defesa de Dilma irritou a cúpula do PSDB. “Numa hora em que o PSDB adiciona pimenta no seu vatapá, o Marconi vem dizer que o partido ‘às vezes faz oposição’. Enquanto nos esforçamos para aproximar nosso discurso do sentimento de aversão das ruas pelo governo Dilma, nosso companheiro fala do ‘respeito e do reconhecimento ao trabalho’ dela. É demais! O Marconi escolheu uma péssima hora para corresponder aos que não têm nenhum motivo para confiar nele”, disse um integrante da Executiva Nacional do PSDB, conforme noticiou o jornalista Josias de Souza em seu blog.

Comentários