Política & Justiça

Deputado critica aproximação de Vanderlan com governador

diario da manha

 

O deputado estadual Major Araújo, eleito pelo PSP, partido presidido em Goiás pelo publicitário e ex-secretário Jorcelino Braga (Fazenda), afirmou ontem que reprova qualquer aproximação política do empresário e prefeitável do PSB, Vanderlan Cardoso com a base aliada do governador Marconi Perillo (PSDB).

Em entrevista à Rádio 730/AM, Major Araújo se diz “decepcionado” com a possibilidade de Vanderlan Cardoso trocar o campo oposicionista pelo o da situação em Goiás. “Me sinto decepcionado, acreditei muito no Vanderlan e o apoiei no primeiro turno em 2014. Achei que ele representava novidade e agora já demonstra que não é novidade coisa nenhuma”.

Para o deputado do PRP, não existe “independência política” da base do governo em relação à nova sigla que vem sendo formada por Vanderlan Cardoso, com a junção do PPS e PSB. “Não tem como ficar independente e aliado ou mesmo tempo. Até agora, ele não deu sinais de independência com essa aproximação. Tem que ver realmente se essa independência procede”, declara.

O ex-prefeito de Senador Canedo respondeu à crítica, ao comentar sobre possíveis alinhamentos políticos do seu novo partido, ainda em formação e assegura que terá “independência” em relação ao Palácio das Esmeraldas. “Respeito a fala do Major Araújo, mas não tenho dado motivo nenhum para ele estar decepcionado. Se eu estivesse agindo com outros interesses, o deputado poderia falar isso. O que acontece é que estamos conversando com todos os partidos”, avisa.

Vanderlan ressalta, também em entrevista à Rádio 720/AM, que tem dialogado com outras siglas também, como PT e PMDB: “Não tenho a ver com briga de ninguém e não vou comprar briga alguma. Por causa do momento do novo partido, optei por conversar um pouco mais com todas as bases para as eleições de 2016, estou conversando com membros do PT também e ninguém fala nada de aproximação. O momento agora é de diálogo para eleições municipais, eleição para governo é outra história”.

 

Posição do PSP

O presidente estadual do PSB, Jorcelino Braga, em nota divulgada à imprensa, diz ser “amigo” de Vanderlan Cardoso e que mantém com o empresário “diálogo permanente” sobre a política estadual e nacional, adiantando não acreditar o presidente do PSB irá fazer parte da base governista.

Jorcelino Braga adianta que respeita a posição de Vanderlan Cardoso de iniciar diálogo com todas as correntes e partidos políticos de Goiás sobre as eleições municipais do ano que vem. “O PRP respeita, de forma inquestionável, a posição do presidente do PRP. O nosso partido também mantém diálogos políticos, só que restritos aos grupos de oposição ao atual governo estadual”.

Sobre a crítica de Major Araújo a Vanderlan Cardoso, o ex-secretário da Fazenda diz que se trata de resultado de avaliação que do parlamentar sobre o que foi noticiado pela mídia. “Pode ser explicado como uma pequena folha de comunicação entre o partido e o deputado com o qual já conversamos antes da liberação desta nota”.

Jorcelino Braga: diálogo(Foto: divulgação)
Jorcelino Braga: diálogo(Foto: divulgação)
Vanderlan Cardoso: independência(Foto: cristovão matos)
Vanderlan Cardoso: independência(Foto: cristovão matos)

Comentários