Política & Justiça

Morre Olímpio Jayme

diario da manha
Na foto - Olimpio Jayme Materia Sobre - Entrevista Editoria - Politica Local - DM 05-08-2014 Fotógrafo - Ruber Couto

Morreu hoje(30/07) às 17:00hrs o advogado Olímpio Jayme. Ele se encontrava internado na UTI do Hospital São Francisco de Assis. Político influente, foi deputado estadual por duas legislaturas. O sepultamento será às 11h desta quarta-feira, 1º de julho, no Cemitério Jardim das Palmeiras,onde o corpo está sendo velado.

Leia a matéria de sua internação publicada no dia 25/06:

O advogado e ex-deputado Olímpio Jayme está internado em estado grave no Hospital São Francisco de Assis convalescendo de uma sucessão de episódios que comprometeram sua saúde. Ele sofreu um Acidente Vascular Cerebral há menos de um mês e foi internado com um quadro de complicações, porém ainda estável. Aos 88 anos recém-completados, Olímpio Jayme está na Unidade de Terapia Intensiva e respira com auxílio de aparelhos.

Segundo o diretor do Hospital São Francisco de Assis, Hugo Walter Frota, o quadro do paciente se agravou após sua internação com um infarto que comprometeu ainda mais a difícil situação. Após o AVC, o ex-deputado perdeu a visão de um olho e acentuou ainda mais a perda da audição, que já era deficitária, lhe obrigando a usar uma prótese auditiva externa. O movimento dos braços e perna também foi agravado e ele passou a ter dificuldades na fala e para se alimentar. Já no hospital sobreveio um infarto prontamente socorrido pelos profissionais que o atendem, mas o comprometimento foi considerado muito grave pelos médicos.

O meio político acompanha, com preocupação, o estado de saúde de Olímpio Jayme, em razão de sua trajetória e vida pública em Goiás. Os votos de plena recuperação são enviados ao hospital e através de mensagens aos familiares.

Na Assembleia Legislativa e na Secretaria de Segurança Pública, Olímpio deixou admiradores, devido ao seu elevado espírito público. No Legislativo, sempre atuou em defesa dos interesses maiores da sociedade goiana. Foi um parlamentar municipalista  no exercício do mandato.

 

Olímpio Jayme é natural de Pirenópolis e filho de tradicional família. Nascido em 1927 de uma família de oito irmãos, ele é o quinto filho de João Batista Jayme e Catulina da Rocha Jayme. Formou-se advogado na tradicional Faculdade de Direito de Goiás, que funcionava na Rua 20, Centro, em Goiânia e entrou para a política elegendo-se vereador em 1951 pelo PSP.

Em 1963 foi eleito deputado estadual na coligação da UDN com o PSP e tomou posse na Assembleia Legislativa, destacando-se como grande tribuno e articulador político. Sobreveio o golpe militar de 1964 e Olímpio Jayme estava com os revoltosos que depuseram o presidente João Goulart e assumiram o poder.

Contrário à orientação do governador Otávio Lage, ele se uniu às forças oposicionistas e se lançou candidato à presidência da Assembleia Legislativa de Goiás, sendo vencedor na disputa. A derrota do poder dos militares colocou Olímpio Jayme na cota de desafetos do regime.

Em 1967 foi reeleito deputado estadual, mas a desavença com os militares e seus áulicos fez com que, em 1968, após a edição do Ato Institucional número 5 (AI-5), Olímpio Jayme tivesse cassado seu mandato de deputado estadual e seus direitos políticos suspensos por 10 anos.

Olímpio Jayme é casado com Yara Vieira Jayme e o casal teve cinco filhos: Thelma Jayme, Túlio José Jayme, Themis Regina Jayme, Tasso José Jayme e Thales José Jayme.

Helmiton Prateado

Comentários