Política & Justiça

Rincón: “Unida,  base aliada elegerá o prefeito de Goiânia”

diario da manha
Jayme Rincón: caminhando juntos PSDB elegerá prefeito de Goiânia(Foto:mel castro)

Um dos nomes do PSDB para a disputa à sucessão de Paulo Garcia (PT), o empresário Jayme Rincón, presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas (Agetop), afirmou, ontem, que a base aliada elegerá o prefeito de Goiânia, nas eleições do ano que vem, se estiver “unida.” E justificou: “Se os partidos da base aliada tiverem bom senso e souberem caminhar juntos, não tenho dúvidas de que o PSDB fará o próximo prefeito de Goiânia”, disse.

Nos bastidores do PSDB, Jayme Rincón é considerado um pré-candidato com o perfil definido pelo governador Marconi Perillo: “Perfil de gestor, equilibrado e que conheça a cidade.” O presidente da Agetop é o principal “tocador de obras” do governo Marconi, já que coordena todo o trabalho de execução de pavimentação e restauração de rodovias, além de obras civis como construção de unidades escolares e de saúde.

O presidente da Agetop não admite candidatura ao Paço Municipal, sob o argumento de que a definição deva ocorrer somente no ano eleitoral. “O que o PSDB está fazendo é o de debater projetos para a cidade de Goiânia, ouvindo os diversos segmentos da sociedade. E Rafael Lousa, novo presidente do PSDB Metropolitano, está coordenando toda essa ação partidária.”

Para Jayme Rincón, o PSDB ainda não tem plano A, nem B, nem C. “O que o governador tem defendido, e nós dentro do partido temos insistido nisso, é que o PSDB, junto aos partidos da base aliada, tenha todas as condições de fazer o próximo prefeito de Goiânia”, argumentou.

Além de Rincón, são pré-candidatos do PSDB à Prefeitura de Goiânia: Giuseppe Vecci, Fábio Sousa, João Campos, Delegado Waldir, Manoel de Oliveira. “O PSDB vai, de forma consensual e transparente, escolher o seu candidato a prefeito. Sem imposição, mas como resultado do diálogo amplo com todas as forças partidárias, em sintonia com o conjunto da sociedade.”

O tucano evita polêmica com o delegado Waldir, que tem criticado a sua pré-candidatura ao Paço Municipal. “O Delegado Waldir tem todo direito, até pela votação expressiva que ele teve em Goiânia, de pleitear a candidatura pelo PSDB. Assim como outros nomes. Não existe nenhuma imposição por parte do governador. Todos têm o direito de postular a indicação e o PSDB terá condições de escolher o melhor nome”, atestou.

Jayme Rincón pregou cautela e declarou que o debate para definição de candidaturas é prematura. “Nós estamos antecipando muito esse debate. Não devemos antecipar debate eleitoral. 2016 tem que ser tratado em 2016. Nós temos que fazer todas as avaliações.” O certo, para ele, é que, depois de ausentar-se em dois pleitos, os tucanos vão disputar as eleições para a Prefeitura de Goiânia, em 2016.

Responsável pela execução de diversas obras do governo Marconi em Goiânia – duplicação de rodovias que saem da cidade, viadutos, ciclovias, Hugo-2, Centro de Excelência de Esporte, reforma do Autódromo Internacional, entre outras – Jayme Rincón diz que o PSDB vai se beneficiar, na campanha do ano que vem, da ação direta do Estado na Capital. “Nenhum governador fez tantas obras em Goiânia quanto Marconi Perillo. E a população saberá reconhecer isso nas eleições de 2016.”

Comentários