Política & Justiça

Senado aprova indicação de Marcelo Navarro para ministro do STJ

Mariana Jungmann – Repórter da Agência Brasil

 O plenário do Senado aprovou hoje (2) a indicação de Marcelo Navarro Dantas para ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Mais cedo, Navarro foi sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça da Casa e  aprovado por unanimidade pelos membros do colegiado.

Durante a sabatina, questionado sobre o instituto da delação premiada, Navarro respondeu que o considera muito útil no combate ao crime organizado, mas ressaltou que deve ser acompanhado de provas “robustas” para sustentar a condenação.

Perguntado se se consideraria impedido de julgar casos relacionados à Operação Lava Jato, por causa de uma eventual proximidade com o dono da empreiteira Odebrecht, Marcelo Odebrecht, Navarro negou. “A especulação não tem procedência. Não tenho relação com ninguém da Operação Lava Jato. Daí, não tenho nenhum impedimento ou suspeição para julgar esse caso”, afirmou.

Atualmente, Navarro é juiz federal e presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, que tem sede no Recife. Na lista tríplice enviada à presidenta da República, Dilma Rousseff, com sugestões para a vaga, ele foi o segundo mais votado. O novo ministro ocupará a vaga de Ari Pargendler, que se aposentou.

No plenário do Senado, Marcelo Navarro teve 65 votos sim e 2 não, Houve uma abstenção.

Editor Nádia Franco

tags:

Comentários