Política & Justiça

Jovair Arantes: PTB não abre mão de vice ou do Senado

diario da manha
O vice-governador Zé Eliton, ao lado do deputado federal Jovair Arantes, em solenidade do programa Goiás na Frente Terceiro Setor – Social: “Ele se coloca à frente das principais demandas estaduais, é de nível qualificado e íntegro”, diz líder do PTB(Foto:WILDES BARBOSA)

O deputado federal Jovair Aran­tes diz que 2018 é o ano do PTB. Presidente estadual da legenda, o parlamentar diz que os trabalhis­tas não abrem mão de uma vaga na chapa majoritária. “O PTB par­ticipa (da chapa) de senador ou de vice-governador. Isto está cla­ro, o governador sabe disso e os ou­tros partidos também sabem disso. Agora é a vez do PTB, é a vez pelo tamanho do PTB e de sua impor­tância”, frisa. Segundo Jovair, du­rante todo período em que o PTB apoiou a base aliada, o partido foi preterido. “Mas agora chega! Che­gou a vez do PTB”, enfatiza.

Dentre os nomes que o PTB tem para oferecer como candida­tos na chapa majoritária, o depu­tado cita o ex-senador Demóstenes Torres. “Temos absoluta certeza da candidatura dele, só faltava este processo e as coisas estavam cami­nhando bem, falta o Senado deci­dir sobre o processo contra ele. Já acreditava na incoência, na certe­za que ele não devia, e que as acu­sações foram muito pesadas, e ele não deve”, comenta.

Segundo Jovair, o PTB não pen­sa em sair da base governista, mas pode até ficar de fora do processo ou conversar com deputado Daniel Vilela (PMDB). A única exceção, ad­mite, seria o apoio à candidatura de Ronaldo Caiado. “Com o Daniel pode ser possível, mas por enquan­to não colocamos isso no nosso ca­lendário, já que estamos conver­sando com o vice-governador José Eliton. Com o Caiado é mais difí­cil por causa daquele episódio de Itumbiara (morte do ex-prefeito Zé Gomes). A conclusão a qual a polí­cia chegou (de que a motivação do crime seria um surto psicótico) não encaixa no perfil que a cidade en­tendia do crime. Tem problemas, problemas sérios”, explica.

Jovair reforça o seu apoio à can­didatura de José Eliton (PSDB). Ele ressalta que o vice-governador está fazendo um bom trabalho e que concorda com o governador de que não há tempo para plano B, e sim para o plano J. “O meu candi­dato é José Eliton. Ele é um excelen­te candidato. Está fazendo um bom trabalho, porque não é um vice que se escondeu no seu cargo. Está se colocando à frente dos programas do governo, trabalhando, ajudan­do, é uma espécie de segundo go­vernador, que tem ajudado demais o Estado de Goiás”, garante.

RESPONSABILIDADE

Questionado sobre as críticas do prefeito de Anápolis, Roberto Na­ves, à situação de algumas obras que estão inconclusas, o parlamen­tar defendeu o prefeito. Ele obser­va que durante sua campanha Na­ves se comprometeu em resolver a crise hídrica da cidade, mas os pro­blemas de falta d’água permane­cem, contrariando a população. “O prefeito de Anápolis adminis­tra a cidade e tem responsabilida­de com ela. A cidade está outra vez com crise hídrica e a Saneago não fez nada. O prefeito quer que re­solvam os problemas da cidade e ele está certo. Ele é um membro do partido e vai seguir a orientação partidária, e tem que ver resolvidos os problemas de Anápolis”, opina.

 

 Petebista afirma que Zé Eliton é o candidato da base aliada

Uma das principais lideran­ças da base aliada, o deputado federal Jovair Arantes (PTB) – lí­der da bancada goiana no Con­gresso Nacional – reafirmou ontem (6) que o grupo que dá sustentação ao governo vai ca­minhar com o vice-governador Zé Eliton.

Jovair afirma que Zé Eliton será o candidato da base para a eleição de governador em 2018. O parlamentar exaltou as suas qualidades e declarou que ele “não é um vice decorativo, que se esconde atrás do cargo”.

O petebista ainda reforçou que Zé Eliton “tem trabalhado e ajudado o governador, se colo­cando à frente das principais de­mandas estaduais. Ele é de nível qualificado e íntegro”, resumiu.

Ao ser perguntado sobre a base governista, Jovair ressal­tou que o PTB irá compor como vice-governador ou senador. “O tamanho do nosso partido e a importância que temos nos dão a condição de exigir estes car­gos”, afirma.

Presidente estadual do PTB, Jovair é uma das principais lide­ranças da base governista. Foi importante na primeira eleição do governador Marconi Perillo, em 1988. O petebista é hoje um dos congressistas goianos com bom trânsito no governo federal.

 

Comentários

Mais de Política & Justiça