Política & Justiça

Turma que julgará Lula costuma manter decisões de Sérgio Moro

diario da manha

O Julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi marcado para o dia 24 de janeiro de 2018. Nesta data, ele será julgado no processo do Tríplex, processo em que foi condenado em primeira instância.

Caso o tribunal mantenha a condenação, Lula poderá ser impedido de disputar as eleições presidenciais, por conta da Lei da Ficha Limpa. Além disso, o ex-presidente pode ser preso.

Embora a defesa de Lula afirme que não há provas suficientes para incrimina-lo, a turma que julgará o caso em segunda instância tem o costume de manter as decisões tomadas por Sérgio Moro com relação as condenações contra políticos.

Como destaca o portal UOL, em alguns casos inclusive, a 8ª Turma do TRF-4 aumenta a duração das penas.

Dos 17 casos de políticos julgados por Moro em processos da Lava Jato, o juiz condenou todos os casos até agora. A 8ª Turma do TRF-4, analisou nove desses casos até o momento. Desse total, os desembargadores absolveram dois, e mantiveram a condenação em sete, aumentando a pena de cinco deles.

 

(Foto Reprodução Agência Brasil)

 

Comentários

Mais de Política & Justiça