Política & Justiça

'Lula estará nas eleições preso ou solto', afirma Dilma

diario da manha

A ex-presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (16/04) durante evento na Universidade de Berkeley, na Califórnia, que Luiz Inácio Lula da Sila continuará sendo candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) à presidência da república para as eleições deste ano. Ela ressaltou que retirar a candidatura seria o mesmo que assumir a sua culpa. ‘Lula estará nas eleições preso ou solto’, afirmou.

O petista está preso há dez dias na sede da Polícia Federal em Curitiba. Durante o evento, a ex-presidente ainda criticou o local onde o petista cumpre pena. Ela chamou de solitária a sala especial na Superintendência da PF que foi reformada para receber Lula. Para Dilma, o juíz responsável pelo caso não quer deixar o petista falar, pois ele mudaria a opinião das pessoas.

Rousseff declarou ainda que os números da pesquisa Datafolha que foi divulgada nesta semana apontam que mesmo preso, Lula permance forte. Além disso, ela voltou a criticar a série da Netflix “O Mecanismo”, que aborda sobre as primeiras fases da Operação Lava Jato. Dilma afirmou que o longa é uma peça política de “fakenews”.

Ainda na oportunidade, a ex-presidente atacou a mídia afirmando que ela era uma das principais responsáveis pelo seu impeachment de 2016. “Na ditadura militar, a democracia é cortada com um machado. Neste golpe de 2016, a democracia foi tomada por fungos e parasitas que a corroem por dentro”, declarou.

Com informações da Folha de São Paulo

(Wilson Dias/Agência Brasil)

tags:

Comentários