Política & Justiça

Lula reclama da chuva dizendo que “tem atrapalhado seu banho de sol”

diario da manha

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, relatou aos senadores da Comissão de Direitos Humanos do Senado que não consegue aproveitar o direito ao banho de sol diário porque a chuva tem impedido. A queixa foi feita no dia 17 de abril ao relatar sobre a sua rotina na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, no Paraná.

Segundo o relator da comissão, o senador João Capiberibe (PSB-AP), Lula toma banho de sol sozinho em um lugar que mede 9 metros por 6, medidas parecidas com as de um corredor. Ainda segundo o senador, todos presidiários têm o direito de duas horas de banho de sol.

Ao elaborar o relatório sobre a visita, o senador irá acentuar que o ex-presidente está muito isolado e que ele deve ser tratado como um “preso comum”. A comissão quer pedir também ao Judiciário para que Lula possa receber visita dos familiares pelo menos uma vez por semana.

Ainda segundo Capiberibe, uma das frases de Lula foi: “não tenho a menor preocupação comigo. O que estou vivendo aqui é o mesmo que vivi vinte anos atrás. E na minha vida normal ultimamente não tenho mesmo frequentado restaurante, show, cinema. Não tem muita diferença”.

A Comissão conclui que a cela do petista é adequada, tem ventilação e é possível ver o lado de fora, que dá visão às instalações da Polícia Federal, mas quem está de fora não vê o interior da sala.

(Com informações de Gazeta do Povo)

Comentários