Política & Justiça

PF pede transferência de Lula porque já gastou R$ 150 mil com prisão

diario da manha
Lula depois do atentado. Segundo a mídia nativa, ele é o culpado

 

A Superintendência da Polícia Federal de Curitiba pediu à Justiça a transferência de Lula. Em ofício “urgente”endereçado à juíza Carolina Lebbos, da execução penal, policiais pediram o recolhimento do ex-presidente em “um estabelecimento prisional adequado para o cumprimento da pena imposta”.

Como justificativa da transferência, a PF alegou que os transtornos causados pela presença de Lula na carceragem são muitos, assim como os gastos para mantê-lo. Conforme o documento, já foram gastos R$ 150 mil, em apenas 15 dias, com diárias de policiais, passagens e deslocamentos de pessoal de outras unidades para reforçar a segurança da superintendência.

A estimativa é que os gastos mensais alcancem a quantia de R$ 300 mil.

Dia do Trabalhador

A PF ainda alegou que a proximidade do 1º de Maio, Dia do Trabalhador pode ser um agravante ao cenário, já que os movimentos sociais e de trabalhadores estão se organizando enviar cerca de até 50 mil pessoas para uma concentração à Curitiba.

Ainda argumentam que a presença normal dos apoiadores de Lula já altera bruscamente a rotina do entorno da Superintendência. Também afirmam que Lula está em uma sala improvisada, não adequada para permanência de longo tempo.

“As dependências da custódia de presos da unidade são muito limitadas e não se destinam a execução de penas ou mesmo à permanência regular de presos”, afirmam. “As instalações têm essencialmente a natureza de trânsito, ou seja, destinadas a presos em flagrante apresentados ao plantão da sede e à custódia de presos tutelares até que se tenha as vagas correspondentes para as transferências ao sistema carcerário estadual.”

Com informações da Folhapress.

Comentários