Política & Justiça

Pros condena suposta venda da Saneago no mercado

diario da manha
Rubens Marques

Estratégica para o desenvolvi­mento sustentável do Estado, a Saneago não pode ter ações vendidas no mercado nem ser priva­tizada, como ocorreu com a Celg, arrematada pela Enel, de ca-pi­tal italiano, afirma o ex-vice-pre­sidente da empresa Rubens Mar­ques [Pros]. Em tempos de crise hídrica, a água é a commoditie do Tempo Presente e do futuro, ana­lisa o gestor público.

-A venda do BEG, de Cachoei­ra Dourada, da Celg foram erros estratégicos. De Estado.

Cáustico, ele condena as sub­delegações. Mais: o ex-diretor do Complexo Dermu/Compav da Prefeitura de Goiânia ataca as Parcerias Público e Privadas, as PPPs. Ambientalista, informa ao Diário da Manhã que as emprei­teiras não executam o cronogra­ma completo, integral, das obras, o que prejudica a população. Água e Energia devem estar sob a tutela estatal, dispara.

-O Estado deve, sim, intervir na Economia. Assim como fomen­tar o desenvolvimento. Além de estabelecer subsídios cruzados. Não apenas operar com a lógica de mercado.

 

tags:

Comentários