Política & Justiça

Demóstenes propõe reduzir deputados pela metade e senadores em um terço

diario da manha
Demóstenes Torres: corte de congressistas(FOTO:DIVULGAÇÃO)

O procurador de Justiça e can­didato a deputado federal De­móstenes Torres defendeu a re­dução do número de políticos no Congresso e nas Assembleias Le­gislativas de todo o País, duran­te reunião realizada no Setor Jaó, em Goiânia. Demóstenes propôs o corte de metade das cadeiras da Câmara e das Assembleias e redução de 1/3 do Senado e aca­bar com os suplentes. “O Con­gresso Nacional custou 10 bi­lhões de reais no ano passado. As Assembleias Legislativas tor­raram mais de 11 bilhões. É o tri­plo, por exemplo, do que o go­verno investe na Polícia Federal. A minha proposta é reduzir pela metade o número de deputados federais e estaduais e em 1/3 os senadores, também acabando com os suplentes. O dinheiro que irá sobrar vai ser investido naqui­lo que realmente o povo precisa. E o povo precisa mais das polícias do que dos políticos”, disse.

BUROCRACIA

Demóstenes também ressal­tou a sua experiência na vida pú­blica como fato determinante na sua boa atuação em Brasília. “No Ministério Público, pude obser­var o funcionamento do sistema judiciário. Se um policial ver um caminhão de maconha entran­do em algum lugar, precisa pedir autorização ao delegado, que vai enviar ao juiz, que vai pedir pa­recer do Ministério Público, que vai retornar para o juiz, que vai determinar ao delegado e ao ofi­cial de justiça que chamem o po­licial para entrar no local. Até lá, já não tem mais maconha”, afir­mou Demóstenes. “Então é pre­ciso reduzir toda essa burocracia e dar garantias para que o policial possa fazer seu trabalho de forma eficaz”, continuou o candidato.

 

Comentários