Política & Justiça

Moradores do Setor Nova Cidade recebem escrituras de seus imóveis

diario da manha

Foto: Wigor Vieira

A emoção marcou a entrega das escrituras aos moradores do loteamento Nova Cidade, na noite desta quinta-feira, 30. Ao todo 35 famílias foram beneficiadas com a regularização de seus lotes e o recebimento dos títulos de propriedade. A dona Célia Aparecida Correia da Silva, de 51 anos, e sua família chegou no bairro no início de sua fundação, bastante emocionada, comemorou a posse definitiva do seu imóvel. “Dedico essa escritura ao meu falecido pai, eu me realizo por ele pois ele sempre sonhou em ter sua propriedade regularizada. Receber a escritura é um verdadeiro presente para todos nós lá de casa”, contou.

Para o morador Josino Alves dos Santos, 56, receber a escritura foi a realização de um sonho. “Faz muitos anos que moro nessa casa. Esse documento é uma garantia que onde moro é meu, agora terei paz em saber que quando eu partir, meus filhos terão uma herança. Agradeço a Deus por esse dia maravilhoso que estamos vivendo hoje e também às autoridades do município por todo o empenho”, agradeceu.

De acordo com o prefeito Gustavo Mendanha, essa conquista importante para o município simboliza mais uma vitória para toda a população. “Aqui encerramos anos de luta pelo direito à moradia na região. Nosso objetivo, enquanto gestores, é regularizar a situação de todos os lotes que estão ao alcance da administração municipal, promovendo assim o direito social à moradia. É um processo que envolve uma grande equipe que está sempre empenhada. Por isso temos alcançado êxito. Agradeço a todos pela dedicação”, destacou o prefeito.

A entrega das escrituras representa a regularização fundiária do bairro que foi fundado há quase 30 anos. A autorização de regularização do loteamento Nova Cidade foi feita em 2002 pelo prefeito na época Ademir Menezes. As escrituras começaram ainda na gestão do ex-prefeito Maguito Vilela em 2012, e o prefeito Gustavo Mendanha deu continuidade em outubro de 2018. “Vamos trabalhar para entregar a escritura dos imóveis a todos os moradores da cidade que ainda não a possuem”, comentou o gestor.

Cerca de 600 escrituras de lotes e Áreas Públicas Municipais (APMs) foram regularizadas no loteamento Nova Cidade. O terreno total dos lotes possui uma área de 149 mil metros quadrados, no qual parte dele integrava com o setor Jardim Tiradentes. “Os moradores não tiveram nenhum custo para o recebimento do registro. Atualmente o valor médio para se lavrar uma escritura é 4% sob o valor do imóvel”, ressaltou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Caldas.

Para o secretário, os funcionários que trabalham no dia-a-dia em contato com os moradores conhecem a importância desse documento para cada família beneficiada. “Hoje os moradores recebem o título de propriedade já registrado e têm a certeza de que são os legítimos proprietários dos imóveis, encerrando um período de dúvidas e apreensão que acompanhou cada família durante décadas”, pontuou.

Comentários